Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Esposa de Magno Alves confirma proposta do Flu para atacante do Ceará

Fortaleza (CE)

As conversas entre o atacante Magno Alves e o Fluminense já se iniciaram. Nesta terça-feira, a esposa do jogador, Natália Varela, confirmou a proposta do Tricolor para o atleta de 38 anos, uma das principais peças do elenco do Ceará.

“Ele está feliz com a proposta. Dividido, porque sabe que vai ser um peso muito grande a saída dele do Ceará. Mas ele quer fazer gol, crescer e alcançar os sonhos. Creio que o Ceará vai respeitar a decisão dele”, afirmou Natália à Rádio Brasil.

O contrato de Magno Alves com o Alvinegro tem validade no dia 30 de novembro, mas o clube não pretende liberar seu principal jogador, que também tem interesse em voltar às Laranjeiras.

“Tudo surgiu de forma repentina, Magno sempre deixou claro que tinha o interesse em voltar para o Fluminense antes de encerrar a carreira, e acho que isso despertou o interesse do clube. Se o melhor for sair... Eu, como cearense, puxo um pouco para cá, mas se for a vontade do Senhor e do Magno, vamos para o Fluminense”.

Divulgação/Ceará S.C.
O atacante Magno Alves defendeu o Fluminense entre 1998 e 2002 e é um dos alvos do Tricolor para reforçar o setor ofensivo (Foto: Christian Alekson)

Com 26 gols na temporada, o atacante disputa o prêmio de Artilheiro do Ano e tenta desbancar Robert, do Fortaleza, que tem um tento a mais.

“Proposta sempre teve. Ele é muito regular, disciplinado. Não tem lesões, nunca fez cirurgia, e o que ele passou no Fluminense marcou a vida dele, e ele externou esse desejo. Claro que o lado financeiro pesa, estar na Série A pesa, mas ele está muito bem no Ceará. Para ele, creio que é muito difícil, porque ele é muito amado no Ceará. Ele é um ídolo. Mas como ele não vai jogar muito tempo, já tem 38, creio que ele vá realizar esse sonho antes de encerrar”, disse Natália.

Magno Alves defendeu o Fluminense durante cinco anos, entre 1998 e 2002, período em que conquistou a Série C em 1999 e o Carioca em 2002. O jogador é o 11º artilheiro da história do clube, com 114 gols.

“Ele ama o Fluminense. Fez história, então é o único time que ele diz que o sonho dele é jogar, que ele ama, é um time que ele sempre se referiu com muito carinho. Essa história está muito viva no coração dele”, concluiu a esposa.