Futebol/Copa Sul-Americana - ( - Atualizado )

Fluminense tenta se concentrar na Copa Sul-Americana

Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense conseguiu se recuperar no Campeonato Brasileiro no domingo passado, com a goleada de 4 a 0 sobre o Sport. Portanto, os sonhos do título e principalmente de conquistar uma vaga na próxima Copa Libertadores voltaram a fazer parte do imaginário dos torcedores. Pela competição, o time terá dois confrontos diretos pela frente. Neste domingo, o Tricolor, quinto colocado com 29 pontos, visita o Corinthians, que tem dois pontos a mais na quarta posição, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP). No fim de semana seguinte, já no Rio de Janeiro, o rival será o líder Cruzeiro.

Normalmente, o Fluminense estaria completamente focado nesta sequência. Porém, nesta quinta-feira, o time estreia na Copa Sul-Americana, a partir das 18 horas (de Brasília), quando recebe o Goiás no Maracanã. Dessa maneira, o principal desafio nas Laranjeiras é conseguir deixar de lado Corinthians e Cruzeiro para manter o foco apenas nos goianos.

“Vamos precisar nos concentrar no Goiás, pois, se não focarmos apenas neste jogo, não vamos conseguir a classificação. Nos descuidamos na Copa do Brasil depois de termos feito 3 a 0 no América-RN e fomos goleados no Rio de Janeiro. O Goiás, inclusive, nos eliminou na Copa do Brasil do ano passado. Portanto, para seguirmos, vamos precisar estar atentos”, disse o atacante Fred.

Na visão do atacante Rafael Sobis, o Fluminense não vai cometer o erro de deixar a Copa Sul-Americana de lado. “O Fluminense não tem um título sul-americano, e a torcida quer muito isso. Portanto, tenho certeza de que a comissão técnica vai pensar em uma maneira de brigarmos em duas frentes, pois temos um elenco qualificado”, disse Rafael Sobis.

O técnico Cristóvão Borges não deu pistas do que pretende fazer em termos de Copa Sul-Americana, mas não está descartada a possibilidade de preservar alguns titulares. O problema é que ele vem sofrendo com desfalques. O zagueiro Gum, que se submeteu a uma cirurgia por fratura na fíbula da perna esquerda, só volta a jogar no fim do ano.

Photocamera
O atacante Fred quer foco na partida contra o Goiás, pela Copa Sul-Americana (Foto: Matheus Andrade)

Na goleada sobre o Sport, ele perdeu dois atletas. O colombiano Valencia foi substituído ainda no primeiro tempo da partida contra os pernambucanos por torção no joelho direito. O jogador, que passou a maior parte do ano no departamento médico, já é motivo de preocupação mais uma vez. Ele deu lugar a Edson, que acabou deixando o Maracanã de muletas após receber um pisão de Diego Souza. O volante também preocupa.

Quem tem presença assegurada contra o Goiás é o meia Cícero, que vai ter que cumprir suspensão diante do Corinthians por acúmulo de cartões amarelos e, portanto, não precisa ser poupado para domingo. O time para o choque contra os goianos deverá ser definido na tarde desta quarta-feira, quando o elenco faz o último treino antes do jogo, e depois começa o período de concentração.

O Fluminense já foi finalista da Copa Sul-Americana na edição de 2009. Naquela ocasião, liderado pelo técnico Cuca, o "Time de Guerreiros", como ficou conhecido após evitar um rebaixamento dado como certo no Brasileirão, acabou perdendo a decisão para a LDU, do Equador. O curioso é que os equatorianos, um ano antes, já tinha superado o Tricolor na final da Copa Libertadores.