Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Gabriel quer metade do salário de Robinho e contrato de três anos

Santos (SP)

O jovem atacante Gabriel é mais um orgulho das categorias de base do Santos Futebol Clube. No entanto, o clube corre sério risco de perder o talento de seu atual camisa 10 em pouco tempo. Isso porque Gabriel não tem amolecido nas conversas que visam uma renovação contratual.

Representado pelo famoso empresário Wagner Ribeiro e por seus pais, Gabriel pede aproximadamente R$ 250 mil mensais de salário, além de luvas e premiações. O valor equivale a cerca de metade do que recebe o ídolo Robinho atualmente. Além disso, o staff do jogador quer assinar umcontrato de três anos.

Gabriel tem evitado dar entrevistas e, sempre que questionado sobre o tema, despista e enfatiza sua vontade de permanecer no Peixe. “Deixo isso (renovação) com o meu pai e meus empresários. Todo mundo sabe que eu quero ficar. Minha família sabe, vocês sabem. O mundo inteiro sabe que eu quero ficar no Santos. Depende só do Santos. Sou santista deste pequeno” disse o jogador em julho, em uma das últimas vezes em que abordou o assunto.

O Santos, por sua vez, sabedor do potencial de seu jogador, tem tentado estender seu atual vínculo com o atleta, que vai até setembro de 2015, desde o início da temporada. Mas os números ainda são bastante distintos. Vale destacar que em março Gabriel já pode assinar pré-contrato com qualquer outra entidade esportiva.

Ricardo Saibun/Santos FC
Mesmo com concorrentes de peso, Gabigol mantém-se como artilheiro do Santos neste Brasileirão
O clube espera assinar contrato de cinco anos, período usual nestes casos, e com valores mais condizentes com a realidade do futebol brasileiro. O Peixe procurou Gabriel antes da Copa do Mundo, mas, sem um consenso, postergou a negociação para o momento em que o atleta completasse 18 anos (dia 30, próximo sábado). Entretanto, na ocasião, dobrou o salário do jogador de R$ 30 mil para R$ 60 mil por mês.

A diretoria santista está de acordo em dar a Gabriel um novo aumento salarial considerável em menos de um ano com uma eventual renovação. Mas os valores pedidos pelo staff do jogador assuntaram os membros do Comitê Gestor. O Peixe detém 60% dos direitos econômicos da promessa. Os outros 40% pertencem ao próprio atleta. A multa rescisória é de € 50 milhões (cerca de R$ 150 milhões).

Com 16 gols na temporada, sendo 5 pelo Campeonato Brasileiro, Gabriel é o artilheiro santista em 2014 e este mês foi campeão com a seleção brasileira Sub-20 de um Torneio Internacional, na Espanha. O jogador vive bom momento, está valorizado e sabe disso, por isso tem recusado as ofertas do Santos até aqui.

Ao mesmo tempo, sabe que deixar o clube que o formou e no qual já conquistou seu espaço pode acarretar em novos obstáculos em sua carreira. Como, por exemplo, recentemente acorreu com Neilton, seu companheiro da base que deixou o Peixe após não entrar em acordo para uma renovação e hoje está encostado no Cruzeiro. Essas hipóteses pesam principalmente porque Gabriel sonha em disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.