Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Gareca lembra que nunca caiu e crê ser solução para salvar Palmeiras

São Paulo (SP)

Ricardo Gareca transformou o Palmeiras no clube com mais derrotas do Campeonato Brasileiro, já que esteve no banco em sete das 11 vezes que o time perdeu no torneio. Mas lembra que nunca foi rebaixamento e, com o time precisando de uma combinação de resultados para não entrar na faixa da degola deste domingo, se sente a solução para evitar o descenso.

“Quero o melhor para o Palmeiras. E, no momento, sou o melhor. Tenho fé. Se não pensasse assim, não viria”, declarou o treinador. “Se a diretoria pensa outra coisa, vou escutar, mas esta comissão técnica pode sair dessa situação. O que não quero é ser um estorvo no caminho do Palmeiras.”

O argentino assinou contrato até junho não para ser um estorvo, mas para repetir o trabalho que executou em cinco anos no Vélez Sarsfield, reerguendo o clube ao levá-lo a títulos nacionais e semifinais da Libertadores e da Copa Sul-americana. Em sua defesa, apela à sua carreira para mostrar que cair é algo inédito para ele.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
"O Palmeiras teve dois rebaixamentos, mas nunca tive e não quero isso", disse o treinador argentino
“É difícil. O Palmeiras teve dois rebaixamentos, mas nunca tive e não quero isso. Quero brigar e tenho capacidade para reverter isso”, insistiu, tentando não se abater. “É o meu pior momento. Tive momentos difíceis, mas este é o pior. Nunca vivi isso. Mas são experiências que fazem uma pessoa crescer”, afirmou.

Pensando assim, ainda garante não cogitar pedir demissão. “Temos que lutar. Estou acostumado a cumprir meus contratos e essa é a minha maneira de trabalhar. Tenho confiança no meu comando e nos jogadores”, apostou.