Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Goleiro Almunia, ex-Arsenal, se aposenta após vinte anos de carreira

Cagliari (Itália)

Famoso por defender a meta do Arsenal por oito temporadas, Manuel Almunia anunciou a aposentadoria nesta quinta-feira. Segundo a Associação Britânica de Jogadores Profissionais (PFA, na sigla original), o espanho, de 37 anos, deixará os gramados por causa de um problema cardíaco.

Essa condição foi descoberta quando Almunia passou por exames médicos para assumir a meta do italiano Cagliari. Uma ressonância magnética constatou que ele sofre de uma doença cardíaca genética chamada cardiomiopatia hipertrófica, que poderia provocar sua morte súbita em campo.

O clube, o ex-goleiro e sua assessoria ainda não oficializaram a aposentadoria, mas a doença foi confirmada por Alessandro Steri, porta-voz do clube. Segundo ele, o problema inviabiliza a sequência da carreira profissional de Almunia. O presidente do time italiano, Tommaso Giulini, também se pronunciou em entrevista para a imprensa local: “O diagnóstico inicial foi feito nas visitas dele ao Cagliari, e eventualmente o problema foi confirmado após exames adicionais em Pádua”.

AFP
Goleiro encerra carreira aos 37 anos (Foto: Josep Lago/AFP)
“Manuel Almunia teve que se aposentar após ser diagnosticado com uma condição cardíaca. Todos da PFA desejam o melhor para o seu futuro”, declarou a Associação Britânica de Jogadores Profissionais em seu Twitter.

O jogador começou sua carreira profissional em 1999 no Osasuna de sua cidade natal. De lá para cá, ele passou pelos também espanhóis Cartagena, Sabadell, Celta de Vigo, Eibar, Recreativo Huelva e Albacete. Em 2004, foi contratado pelo Arsenal de Arsène Wenger, onde permaneceu até 2012. No clube, participou de 175 partidas e assumiu a titularidade na equipe quando Lehmann foi para o Stuttgart em 2008.

Após a saída dos gunners, o espanhol defendeu o Watford por dois anos na Football League Championship, a segunda divisão inglesa, totalizando 81 jogos pelos hornets. A partir dessa temporada, ele pretendia defender as traves do Cagliari na primeira divisão do italiano, conhecida como Serie A. A decisão de Almunia marca o fim de uma carreira no futebol profissional que já durava 20 anos.