Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Hernane não recebe pagamento inicial no Al Nassr e pode voltar ao Flamengo

Rio de Janeiro (RJ)

Com a venda do atacante Hernane para o Al Nassr, da Arábia Saudita, o Flamengo embolsaria aproximadamente R$ 6,5 milhões – uma vez que possui 50% dos direitos econômicos do Brocador. Entretanto, um atraso no pagamento inicial pode devolver o dianteiro, que foi recebido como ídolo em terras estrangeiras, para a Gávea.

Insatisfeito com o descumprimento, o Rubro-Negro estabeleceu um limite para os árabes arcarem com a despesa: 31 de setembro. Se o dinheiro não for computado, os cariocas não liberarão a documentação para a transferência em definitivo. Fato que reintegraria o jogador ao elenco, comandado por Vanderlei Luxemburgo.

Liberado pelo Flamengo para realizar os procedimentos clínicos, Hernane teve uma recepção digna de estrela. Recepcionado por centenas de fãs, ele posou para fotos, cedeu autógrafos e ganhou de presente um colar de flores. Já na sede árabe, também conheceu o número de seu uniforme: 45.

Antes de se deparar com o imbróglio, o Rubro-Negro anunciou a contratação do centroavante Elton. O ex-corintiano, por coincidência, deixou Al Nassr por falta de pagamentos, e firmou vínculo com os cariocas até maio de 2015, por empréstimo.

Divulgação
Hernane recebeu o número 45 e foi bem recebido pelos torcedores árabes. Porém, deve voltar ao Flamengo