Futebol/Copa do Brasil - ( )

Jogadores do Vasco rechaçam culpa de Adílson Batista por maus resultados

Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco novamente não teve uma boa atuação e nesta terça-feira ficou no empate por 1 a 1 com o ABC, em São Januário, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A torcida elegeu o técnico Adílson Batista como culpado pelo mau resultado e hostilizou o comandante cruzmaltino. No entanto, os jogadores saíram em defesa do treinador e assumiram a responsabilidade do tropeço em casa.

“Temos que assumir a responsabilidade pelos maus resultados. O Adílson Batista não entra em campo e por isso a culpa não é dele. Acho que estamos caindo de rendimento. Perdemos alguns jogadores importantes e isso nos prejudicou”, disse o atacante Kleber.

O meia Douglas também defendeu Adílson Batista e destacou a má atuação do Vasco. O jogador fez questão de elogiar o adversário, principalmente pelo controle da posse de bola.

“O Adílson Batista não tem culpa. Nós que não tivemos uma boa atuação e não fizemos o que ele nos pediu. O ABC tem bons jogadores, que souberam segurar a bola e dificultaram nossa atuação”, declarou.

Os vascaínos voltam a se concentrar na Série B, onde buscam a liderança. A equipe carioca terá pela frente o Avaí, no sábado, em São Januário. Na próxima terça-feira, o Vasco vai decidir a passagem para as quartas de final da Copa do Brasil, contra o ABC, em Natal.