Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Jogo da volta entre Santos e Grêmio é suspenso até julgamento do STJD

Rio de Janeiro (RJ)

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aceitou o pedido da Procuradoria de Justiça Desportiva na noite desta sexta-feira, e resolveu suspender a partida da volta entra Santos e Grêmio, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A partida, marcada para a próxima quarta-feira, vai esperar que o caso seja julgado, também na quarta.

O STJD vai analisar as injúrias racistas proferidas por torcedores gremistas no jogo desta quinta-feira, vencido pelo Santos, por 2 a 0, na Arena do Grêmio. O Tricolor Gaúcho vai responder por ato de discriminação racial por parte de sua torcida, além do arremesso de papel higiênico e de atraso.

A punição por causa do lamentável episódio que envolveu o goleiro Aranha pode ser grande para o time do Rio Grande do Sul. O Grêmio corre risco de exclusão da Copa do Brasil e multa de até R$ 200 mil. A denúncia se apoia no artigo 243-G (discriminação racial) e no 213 (arremesso de objeto em campo), ambos do CBJD.

O Tribunal também indiciou Wilton Pereira Sampaio, seus assistentes Kleber Lúcio Gil e Carlos Berkenbrock e o quarto árbitro Roger Goulart. Todos serão julgados por não terem incluído na súmula, em um primeiro momento, as ofensas racistas. O árbitro fez um adendo, depois que entregou a súmula, dizendo que tomou conhecimento do caso pela imprensa e que teria sido alertado por atletas do time paulista.