Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Júnior explica postura defensiva do América-MG contra Luverdense

Belo Horizonte (MG)

O América-MG voltou ao G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro com a vitória em cima do Luverdense no Independência. Para voltar a triunfar, o técnico Moacir Júnior disse que precisou mudar a postura da equipe para segurar o adversário. A tática de recuar a marcação e sair no contra-ataque acabou funcionando, na avaliação do treinador.

“A gente vinha de dois resultados adversos fora e sabíamos da nossa força em casa. Pegamos uma equipe que estava em terceiro lugar no G-4, que está jogando junta há mais de dois anos, com um nível de posse de bola muito grande, e a gente sabia que isso podia acontecer. E, realmente, eles tiveram, no total das ações, mais posse de bola e mais finalizações. Mas a gente sabia que o contra-ataque, que é uma arma perigosa deles, nós não poderíamos dar”, analisou.

Com a vitória, o América-MG manteve os 100% de aproveitamento jogando em Belo Horizonte pela Série B. Foram sete jogos, sendo seis no Horto (o outro foi no Mineirão), onde o time sofreu apenas um gol. Para o técnico, o nível de concentração aumenta quando o jogo é dentro de casa. E, mesmo contra um time técnico que é concorrente direto por uma vaga no grupo de acesso, a equipe marcou bem e anulou o adversário.

Divulgação/América Mineiro
Moacir Júnior (à esquerda) admitiu que o América-MG atuou com proposta mais defensiva em casa
“A gente sempre tem uma fala antes de entrar em campo. Eu falo sempre que os três pontos não podem sair daqui se não forem com a gente. Então, é dar algo mais, concentrar mais, buscar na parte defensiva. Tivemos que marcar em uma linha mais baixa, mas geralmente a gente machuca muito o adversário (na marcação), pressiona muito. Só contra o ABC que a gente pressionou pouco e acabamos vencendo sem convencer, com uma proposta que não era aquela arquitetada”, comentou.

A rodada da Série B foi boa para o Coelho. Os líderes Vasco e Ceará perderam para Vila Nova e ABC, respectivamente. Com isso, o América-MG é o quarto, com 29 pontos, dois a menos que os dois da ponta. O Avaí venceu a Portuguesa e é terceiro.

“O mais importante é que vencemos em casa, mantivemos os 100% (de aproveitamento). A Série B está aí mostrando o que ela é. O Vasco perdeu para o Vila Nova, o Ceará perdeu em casa para o ABC e nós vamos lutar muito para manter o aproveitamento jogando em casa”, comentou.