Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Kardec fica no banco e faz Muricy "passar vontade" em Criciúma

Criciúma (SC)

Apesar de ter virado o intervalo perdendo por 2 a 1, nesta quinta-feira, Muricy Ramalho não gastou as três substituições possíveis no segundo tempo da partida contra o Criciúma. O treinador do São Paulo fez só duas mudanças e segurou Alan Kardec no banco de reservas.

"Estava com muita vontade de pôr o Kardec, que é um jogador muito decisivo", riu, em um momento raro de desconcentração na entrevista concedida após a derrota no Heriberto Hulse, no pela segunda fase da Copa Sul-americana.

"Mas se eu perco o Kardec, fico sem nada (para a partida de domingo, contra o Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro). Tem que ser frio e fazer o que fizemos hoje. Tem que saber ser frio neste momento para jogar as competições. Como temos a chance de decidir em casa, podíamos arriscar um pouco", explicou-se.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Treinador são-paulino fez apenas duas substituições no segundo tempo e guardou uma em Santa Catarina
Além de Kardec, que ficou o tempo todo no banco de reservas - a exemplo do volante Denilson -, outros três jogadores nem sequer viajaram em função de desgaste físico. Foram eles o zagueiro Rafael Toloi e os meias Kaká e Paulo Henrique Ganso. Os dois primeiros só seguirão para Santa Catarina nesta sexta-feira, para enfrentar o Figueirense, confronto do qual Ganso não poderá participar por estar suspenso.

"A gente tem que saber levar, porque realmente o calendário é pesado. Mas se tivéssemos todos à disposição, teríamos condição melhor para escalar. Infelizmente, tem que ser inteligente nesse momento", reforçou Muricy, que atualmente não pode contar também com o zagueiro Antônio Carlos e os atacantes Luis Fabiano e Osvaldo, os quais ficaram na capital paulista para trabalho de recuperação física.

Com a derrota desta quinta-feira, o São Paulo precisará de uma vitória por 1 a 0 daqui a uma semana para avançar às oitavas de final. Se for vazado mais de uma vez no Morumbi, precisará de dois gols de diferença, tendo em conta que o gol como visitante é critério de desempate.