Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Mano encontra Felipão e tenta fazer o Corinthians encostar na ponta

Porto Alegre (RS)

A 17ª rodada do Campeonato Brasileiro colocará em lados opostos os dois últimos técnicos da Seleção Brasileira. Em Porto Alegre, Mano Menezes enfrentará Luiz Felipe Scolari e o Grêmio, clube que o projetou nacionalmente, para tentar fazer o Corinthians encostar no líder Cruzeiro a partir das 16 horas (de Brasília) deste domingo.

“Jogar contra o Grêmio nunca será normal, pois é um time que faz parte da minha história. Vivemos muitas coisas intensas, então o respeito é grande e a consideração, mútua”, discursou Mano, sem a mesma empolgação ao falar de Felipão, o seu sucessor na Seleção. “Não sei como será. Não fico planejando essas coisas com tanta antecedência. Respeito todos os técnicos, que são colegas de profissão. Com tudo transcorrendo com normalidade, vamos nos cumprimentar, sim.”

Se Mano já não se incomoda em comentar sobre a sua passagem pela Seleção Brasileira, Felipão ainda parece magoado. O treinador voltou ao Mineirão (onde a Alemanha aplicou a histórica e vexatória goleada por 7 a 1 no anfitrião última Copa do Mundo) na rodada passada, perdeu por 1 a 0 para o Cruzeiro e mostrou irritação quando questionado sobre as más recordações do estádio de Belo Horizonte.

Montagem sobre fotos Gazeta Press e Divulgação
Antecessores de Dunga na Seleção Brasileira, Felipão e Mano medirão forças na Arena do Grêmio
O fato é que a vitória fez o Cruzeiro subir para 36 pontos, enquanto o Corinthians alcançou os 31 do segundo colocado Internacional ao golear o Goiás (adversário do time mineiro neste fim de semana) por 5 a 2. O Grêmio está no meio da tabela de classificação, com 22.

O bom rendimento na quinta-feira empolgou os jogadores do Corinthians, conforme observou o zagueiro Gil. “Foi uma prova de que o nosso grupo é bom. Deixamos um pouquinho a desejar contra o Bahia, mas já voltamos a vencer. Quem entrou nos ajudou e está de parabéns. Todo o mundo está se empenhando ao máximo”, declarou.

Gil está em processo de entrosamento com o seu novo companheiro de zaga, Anderson Martins, que herdou a vaga de Cleber (negociado com o Hamburgo, da Alemanha). Os erros defensivos foram uma preocupação em Itaquera. “Não dá mais para tomar esses gols. Precisamos ter um pouquinho mais de atenção já contra o Grêmio”, cobrou Paolo Guerrero.

O centroavante peruano deverá ganhar a companhia de Luciano como parceiro de ataque em Porto Alegre. O jogador vindo do Avaí marcou três gols sobre o Goiás e provavelmente colocará o paraguaio Ángel Romero no banco de reservas. “Espero continuar assim”, sorriu.

No Grêmio, o centroavante argentino Hernán Barcos segue como dúvida de Felipão por conta de dores nas costas, porém o eventual substituto Lucas Coelho está recuperado de lesão muscular. Já o volante Riveros, também contundido, poderá ceder o seu lugar para Edinho.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X CORINTHIANS

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 24 de agosto de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto; Ramiro, Fellipe Bastos e Riveros (Edinho); Luan, Barcos (Lucas Coelho) e Dudu
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias, Jadson e Renato Augusto; Luciano e Guerrero
Técnico: Mano Menezes