Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Muricy considera elenco pequeno e pode poupar Kaká e Toloi na quinta

São Paulo (SP)

O elenco do São Paulo é elogiado pelas opções qualificadas que o técnico Muricy Ramalho possui para armar o sistema ofensivo. No entanto, prestes a iniciar sua participação na Copa Sul-americana, o treinador lamentou o número reduzido de jogadores em seu grupo e afirmou que pode poupar atletas diante do Criciúma, na quinta, pelo torneio continental.

“O que as pessoas confundem é ter bons jogadores com plantel, pois temos muitos machucados e com cartões, inclusive perdemos três hoje (domingo). Vamos ser inteligentes de mesclar no meio de semana. O Kaká preocupa, porque não se poupa em campo, e temos de cuidar dele. Claro que os que não vão jogar no fim de semana devem atuar na quinta”, comentou.

O São Paulo só disputará a Sul-americana porque foi eliminado pelo Bragantino na Copa do Brasil. Ao sair do mata-mata nacional, o Tricolor passou para o outro torneio, fazendo o jogo de ida contra o Criciúma no Heriberto Hulse. Mesmo com uma nova chance de buscar título, Muricy não quer forçar demais a equipe depois da vitória por 2 a 1 no clássico contra o Santos, no domingo.

“Temos de tomar cuidado, senão arrebentamos o time, e isso nós não vamos fazer. Não importa que seja por Sul-americana, Copa do Mundo ou o que for. Estamos de olho no Toloi também, porque ele vem de uma sequência forte e os exames dele estão dando muito alto. Se não der para alguém jogar, não vou colocar”, explicou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Muricy Ramalho está preocupado com desgaste de Kaká e pode poupá-lo diante do Criciúma
Os jogadores que receberam o terceiro cartão amarelo no Brasileirão e certamente estarão em campo na Sul-americana são o lateral esquerdo Álvaro Pereira, o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Alexandre Pato. Já no caso de poupar Kaká e Toloi, Muricy não adiantou quem pode ganhar chance no time.

O treinador explicou que vem tendo problemas por conta do reduzido número de opções no grupo. “É pequeno (o elenco). Na outra semana, eu estava com 17 jogadores. Contra o Bragantino, tive poucas opções. Tenho costa larga para aguentar, mas estamos com dificuldade nisso, até porque perdemos garotos para a Seleção de base”, afirmou.

O treinador vem armando o time sem Rodrigo Caio, Luis Fabiano e Antônio Carlos, que estão entregues ao departamento médico. Além disso, o lateral direito Douglas também está em tratamento e com possibilidade de ser negociado com o Barcelona.

O elenco ficou ainda mais enxuto nas semanas anteriores porque os garotos Auro, Lucão e Boschilia estavam servindo à Seleção Brasileira sub-20 no Torneio de Cotif, na Espanha. Quando os três voltaram ao Brasil, Muricy queria dar folga a todos, mas acabou chamando Lucão para a partida contra o Santos em função da falta de zagueiros para o banco.

Depois do jogo de quinta-feira, contra o Criciúma, o São Paulo permanecerá em Santa Catarina, pois enfrentará o Figueirense, domingo, no Orlando Scarpelli, pelo Campeonato Brasileiro.