Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Muricy fecha treino para ensaiar time sem jogadores poupados

São Paulo (SP)

O São Paulo ensaiou de portas fechadas na tarde desta quarta-feira para enfrentar o Criciúma. O técnico Muricy Ramalho liberou o acesso da imprensa ao CT da Barra Funda somente 40 minutos depois do início dos trabalhos, quando definiu o posicionamento da equipe com algumas novidades.

O zagueiro Rafael Toloi e o meia Kaká, dois jogadores que voltaram do futebol europeu há pouco tempo e precisaram de maior tempo para aprimorar a parte física, são sempre candidatos naturais a sair e nem foram relacionados.

O meia Paulo Henrique Ganso, suspenso do confronto de domingo (contra o Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro), apresenta alto desgaste físico e também nem viajará. Já o lateral esquerdo Álvaro Pereira e o atacante Alexandre Pato, que também receberam terceiro cartão amarelo e igualmente não atuarão no fim de semana, também em Santa Catarina, estarão em campo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
No final dos trabalhos no CT da Barra Funda, o elenco foi liberado por Muricy para disputar rachão
O volante Souza seguiu com o time, mas pode começar no banco de reservas do Heriberto Hulse após ter sido liberado do treinamento de terça-feira por motivos pessoais. Diante dessas ausências, o zagueiro Lucão, o volante Hudson e os meias Maicon e Michel Bastos devem ganhar uma chance - recém-contratado, o lateral esquerdo de origem entraria na vaga de Kaká, atuando como meia.

A provável escalação completa tem Rogério Ceni; Paulo Miranda; Lucão, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Hudson, Maicon e Michel Bastos; Alexandre Pato e Alan Kardec.

Assim que a imprensa teve acesso ao CT, os jogadores foram liberados para rachão, do qual só não participaram o zagueiro Antônio Carlos e o atacante Luis Fabiano, os quais seguem como desfalques, em fase final de recuperação física. O duelo de ida com o Criciúma, válido pela segunda fase da Sul-americana, será às 20 horas (de Brasília) desta quinta-feira.