Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Muricy indica Souza como única mudança possível em San-São

São Paulo (SP)

O grupo titular do São Paulo não treinou na manhã desta sexta-feira, um dia depois de retornar de Porto Alegre. A definição da equipe que enfrentará o Santos, portanto, será feito neste sábado, véspera da partida, sem a presença da imprensa no CT da Barra Funda. Segundo Muricy Ramalho, entretanto, a única mudança possível talvez seja o retorno de Souza ao meio-campo.

O volante não enfrentou o Internacional, porque cumpria suspensão, e deu lugar a Hudson. Seu substituto atuou pela primeira vez como titular desde que chegou, em abril, e teve atuação elogiada pelos companheiros e o treinador. Sua permanência, pelo que Muricy deu a entender a dois dias do clássico, não está completamente descartada.

"O Souza está bem fisicamente e pode até voltar", disse, sem demonstrar firmeza. "Quando o time está no caminho certo, não adianta o técnico começar a querer se meter muito. Técnico tem que se meter no time quando ele não está bem. A gente está achando um time, tem jogado de forma bem posicionada".

Fernando Dantas/Gazeta Press
Volante atuou pela última vez contra o Palmeiras e, na rodada seguinte, cumpriu suspensão automática
Além de Souza e Hudson, o meia Maicon também pode ser opção ao lado de Denilson. O jogador, no entanto, fez nesta sexta-feira seu primeiro treino com bola depois de ficar em recuperação de tendinite na coxa direita. A exemplo do lateral direito Douglas, que se livrou de edema na coxa esquerda e correu em volta do gramado, ainda não tem garantia nem mesmo de ser relacionado.

"A gente está olhando com carinho esses jogadores. Como voltaram agora a treinar forte, você tem que esperar o dia seguinte, que é o mais perigoso, porque na véspera se fez esforço grande. Se tiver alguma coisinha (incômodo muscular) ainda, vai aparecer no dia seguinte", comentou Muricy.

Quarto colocado do Campeonato Brasileiro, com 29 pontos ganhos, o São Paulo recebe o Santos às 16 horas (de Brasília) de domingo. O time vem de três vitórias seguidas, sendo uma delas justamente em clássico, sobre o Palmeiras, no fim de semana passado.