Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Muricy reclama da demora para matar jogo, mas vê merecimento em placar

São Paulo (SP)

O técnico Muricy Ramalho não ficou totalmente satisfeito com o desempenho do São Paulo na vitória por 2 a 1 sobre o Palmeiras, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Apesar de aliviado com o triunfo, o treinador se mostrou incomodado por seu time só ter definido a vitória nos minutos finais do clássico no Pacaembu.

“É preciso entender que, quando enfrentamos um adversário grande como o Palmeiras, temos de matar quando temos a chance. Nós não fizemos isso e sofremos o gol de empate. Mas vamos entrosando, porque são bons jogadores, que têm toda a liberdade do meio para frente, claro que ocupando os espaços sem a bola”, afirmou.

O São Paulo abriu o placar aos oito minutos do segundo tempo, com Alexandre Pato, depois de erro feio do goleiro Fábio na saída de bola. Em seguida, o Tricolor desperdiçou novas oportunidades, diante de um rival desorganizado e desesperado na busca pelo ataque.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Muricy Ramalho acredita que São Paulo errou muito na frente e deveria ter matado o jogo antes
Assim, aos 15, Henrique bateu pênalti para igualar o placar. O gol deu esperança aos Palmeiras, mas, perto do fim do jogo, Alan Kardec mandou de cabeça para a rede, frustrando os rivais, que deixaram o jogo com a sensação de que mereciam um placar melhor.

“No momento em que fizemos 1 a 0, dava para marcar dois ou três. Depois, quando fizeram de pênalti, eles voltaram para o jogo, mas tivemos oportunidades e merecemos a vitória”, ponderou o treinador são-paulino.