Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Na lateral, Michel Bastos agrada a Muricy só até ser expulso

Florianopolis (SC)

Cogitado como substituto de Paulo Henrique Ganso, Michel Bastos foi a campo, neste domingo, na vaga de outro são-paulino suspenso, o lateral esquerdo Álvaro Pereira, e agradou a Muricy Ramalho. O treinador só se irritou no momento em que ele foi expulso.

Aos 42 minutos, depois de cair fora do campo em dividida com Leandro Silva, lateral direito do Figueirense, Michel Bastos acertou a chuteira direita no rosto do adversário e foi expulso pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio. No caminho do vestiário, em frente ao banco de reservas, tomou uma bronca e rebateu, defendendo-se.

O cartão vermelho não comprometeu o resultado. Ao contrário do que Muricy talvez imaginasse, o São Paulo deixou o Orlando Scarpelli com um ponto ganho graças ao gol de pênalti convertido anteriormente pelo goleiro Rogério Ceni. Ao final da partida, questionado sobre a discussão com o jogador, ele desconversou.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Reforço recém-chegado atuou na lateral esquerda, sua posição de origem, e foi expulso no fim do jogo
"Não tem nada, só falei para ele ter mais calma naquele momento", disse. "Da distância que eu estava, não sei falar se deveria ou não ter sido expulso. Se falar que deveria, seria injusto. Se falar que não, também, porque a distância não favorecia". Mais do que isso, fez elogios ao reforço recém-chegado. "É um jogador muito interessante, que foi muito bem na lateral. O ponto forte do Figueirense é o lado direito, e o Michel marcou bem e ainda saiu para o apoio".

Outro lance que irritou bastante o técnico são-paulino ao longo da partida foi uma bola perdida por Paulo Miranda, em jogada de efeito. "Ele tinha cobertura, não teve nenhum tipo de problema", minimizou Muricy, negando que tivesse se revoltado pelo lance, no qual acabou originando o gol do Figueirense, marcado por Giovanni Augusto.

O empate por 1 a 1 tirou o São Paulo da vice-liderança do Campeonato Brasileiro, mas não do G-4. Seu próximo jogo na competição será daqui a uma semana, contra o Sport, no Morumbi. Antes disso, decide vaga na Copa Sul-americana, frente ao Criciúma, na quinta-feira.