Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Nem parceiro de quarto sabe se lateral direito deixará São Paulo

São Paulo (SP)

O Barcelona tem até segunda-feira (1º de setembro, um dia após o fechamento da janela de transferências) para inscrever Douglas como seu jogador. A negociação com o lateral direito do São Paulo, no entanto, segue indefinida, e nem mesmo seus colegas de elenco têm informações privilegiadas a respeito.

"Para mim, ele não fala nada, e olha que concentro com ele", disse o zagueiro Paulo Miranda, que tem sido improvisado em seu setor enquanto o titular aprimora a parte física, após se recuperar de edema na coxa esquerda. "Ele só fica falando que não tem nada concreto. A gente tenta dar uma cutucadinha para ver se tira alguma coisa, mas o baixinho é difícil".

Revelada há duas semanas, a negociação teve idas e vindas e declarações contraditórias da diretoria do São Paulo. Antes dada como certa, a transferência passou a ser ameaçada. O clube brasileiro tentava incluir no acordo a permanência do jogador ao menos até o final do ano, porém a janela no sentido contrário está fechada, e o Barcelona recebeu punição da Fifa que o proíbe de contratar atletas nas janelas de janeiro e julho de 2015.

O cenário atual exige, portanto, que, uma vez selado o negócio, Douglas se apresente agora ao Barcelona. A data limite para o negócio se concretizar é 31 de agosto, quando se encerra o período de compra dos clubes europeus. Caso isso aconteça, mesmo que não tenha espaço no elenco de imediato, o lateral poderá ser emprestado a outro clube de lá.

O jogador não atua desde 10 de agosto, quando o São Paulo bateu o Vitória. No compromisso seguinte, contra o Bragantino, foi cortado de última hora, antes de vazar a informação da negociação, sob a justificativa de que tinha um edema na coxa esquerda. Após ser desfalque em quatro partidas ao todo, ele está novamente à disposição do técnico Muricy Ramalho, restando dois jogos antes do fechamento da janela.

"Eu só leio as notícias que saem", desconversa Paulo Miranda, seu parceiro de quarto. "Mas ele é um cara que merece, é batalhador. A gente sabe das dificuldades que ele passou. Vinha jogando muito. Ninguém é tão merecedor quanto ele de estar conseguindo essas coisas".

Como os dois próximos jogos serão em Santa Catarina (contra Criciúma, na quinta-feira, e Figueirense, no domingo), o São Paulo ficará direto lá. Nesta quarta-feira, a comissão divulgará a lista de relacionados e mostrará se ainda conta ou não com o lateral direito.