Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

No Barradão, jogo dos desesperados pode complicar Palmeiras

Salvador (BA)

Um jogo da Série A do Campeonato Brasileiro deste domingo merece a atenção especial dos palmeirenses. Em duelo dos desesperados, o Vitória recebe o Figueirense no Barradão, às 16 horas (de Brasília), pela 17ª rodada, e o resultado pode ajudar ou não o Verdão a sair da lanterna da competição. Com 14 pontos, o Palmeiras está três atrás do time catarinense e apenas um dos baianos. Além disso, a equipe paulista faz o confronto direto contra o Coritiba. O outro integrante da zona de rebaixamento, o Bahia, encara o Atlético-PR.

No Vitória, são três rodadas sem conquistar um triunfo sequer. No entanto, a confiança está em alta com a chegada de Ney Franco ao comando técnico da equipe. Contrato assinado depois de apenas três meses de sua saída. Nele, a diretoria deposita suas fichas para escapar da zona da degola, engatando uma sequência pontos.

O Figueirense, por sua vez, vive uma situação completamente diferente no Brasileiro. Mesmo ainda aparecendo na parte de baixo da tabela de classificação, a equipe melhorou nas últimas jornadas e deu sinal de que está em ascensão. Atualmente em 17º lugar, são três vitórias em quatro jogos, além de um empate. Um bom resultado fora de casa significa comprovar a reação no campeonato.

Os dois últimos jogos foram realizados no Orlando Scarpelli, com o apoio total de sua torcida. Dessa forma, a delegação embarcou para Salvador com o pensamento de fazer valer o carinho que tem recebido nos últimos duelos. A grande novidade é a volta de Thiago Heleno, que cumpriu suspensão e já está à disposição.

No Rubro-negro baiano, o desfalque fica por conta do lateral Ayrton, que, suspenso, deverá dar lugar a Nino Paraíba.

Divulgação/Figueirense
Elenco do Figueirense fez um treinamento leve antes de embarcar à Salvador, onde enfrentará o Vitória
FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X FIGUEIRENSE

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 24 de agosto de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique, do Rio de Janeiro (RJ)
Assistentes: Janette Mara Arcanjo (MG) e Luiz Claudio Reggazone (RJ)

VITÓRIA: Wilson; Nino Paraíba, Kadu, Roger Carvalho e Euller; Adriano, Luís Cárceres, Luís Aguiar, Marcinho; Willie e Caio
Técnico: Ney Franco

FIGUIERENSE: Tiago Volpi; Leandro Silva, Thiago Heleno, Marquinhos, Roberto Cereceda; Luan, Rivaldo, Marco Antonio e Giovanni Augusto; Claytom e Marcão
Técnico: Argel Fucks