Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

No Beira-Rio, São Paulo e Inter fazem confronto direto pelo G-4

Porto Alegre (RS)

O Beira-Rio será palco nesta quarta-feira de um confronto entre equipes que lutam pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro. Vindo de cinco vitórias, o Internacional tenta ao menos se fixar de vez na vice-liderança diante do ascendente São Paulo, que se recuperou com dois triunfos e é postulante ao G-4. A distância entre eles é de cinco pontos.

Apesar da ótima fase do adversário, o time paulista vai a Porto Alegre com intuito único de vencer, já que recentemente perdeu pontos importantes em casa. Se não for assim, a distância aumentará para oito pontos. "Não tem 'se'. A gente tem que roubar pontos do Inter para encostar tanto nele quanto no Cruzeiro", cobrou o meia Paulo Henrique Ganso, responsável por passes a gol nas últimas quatro partidas.

Além de Ganso, outros nomes de destaque têm feito diferença, municiados também por Kaká. São eles Alexandre Pato e Alan Kardec, decisivos na vitória sobre o Palmeiras, no último domingo. Juntos, eles formam um quarteto muito ofensivo, que depende de uma boa sustentação do meio-campo para trás, algo que tem se transformado em desafio ultimamente diante da grande quantidade de desfalques para Muricy Ramalho.

Ao todo, o treinador são-paulino não pode contar com seis jogadores que podem ser considerados titulares. O lateral direito Douglas, os zagueiros Antônio Carlos e Rodrigo Caio, o meia Maicon e o atacante Luis Fabiano estão lesionados. Mas, em relação ao clássico, a única nova baixa será Souza, que recebeu o terceiro cartão amarelo, está suspenso e dará lugar a Hudson, volante que começará como titular pela primeira vez.

Fernando Dantas/Gazeta Press
São Paulo tenta conter arrancada do Internacional pós-Copa para se aproximar dos primeiros colocados
No Internacional, a é excelente. Apesar da eliminação para o Ceará na Copa do Brasil (situação que o São Paulo também viveu, caindo para o Bragantino), a equipe vem de cinco vitórias seguidas no Brasileiro. Melhor time do campeonato após a volta da Copa do Mundo, o Inter não sofre gols há 530 minutos na competição. O último foi na derrota para o Corinthians, por 2 a 1, em 17 de julho.

A possibilidade de dormir na liderança de quarta para quinta-feira, no entanto, não empolga tanto o experiente zagueiro Juan, que pede calma. "O campeonato ainda não está nem na metade. O importante é a gente fazer o nosso papel e ganhar os jogos que temos pela frente. Ser líder agora não vai nos dar o título", ponderou o beque alvirrubro, a 23 rodadas do fim do Brasileirão.

O técnico Abel Braga tem dois desfalques. Wellington, que pertence ao São Paulo e está emprestado ao Inter, não joga por questões contratuais. Willians, lesionado, também ficará de fora. Ygor já foi definido por Abelão como um dos volantes para o duelo. O outro deve ser Aránguiz, que pode atuar recuado, abrindo espaço para a entrada de Alan Patrick ou Jorge Henrique na equipe titular.

Na lateral direita, outra dúvida, mas de ordem técnica. Wellington Silva está recuperado de lesão muscular e deve ter condições físicas de jogo. Porém, Cláudio Winck entrou bem nos últimos jogos, ganhou a confiança de Abel e pode prosseguir na equipe, a exemplo de Ernando, que tomou a titularidade de Paulão no miolo de zaga.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X SÃO PAULO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 20 de agosto de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Rocha
Assistentes: Dibert Moisés e Michael Correia (trio do RJ)

INTERNACIONAL: Dida; Cláudio Winck, Ernando, Juan e Fabrício; Ygor, Aránguiz, Alex, D'Alessandro e Jorge Henrique (Alan Patrick); Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Hudson, Ganso e Kaká; Alexandre Pato e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho