Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Nova derrota em clássico reforça reclamações sobre elenco santista

Santos (SP)

Na décima colocação do Campeonato Brasileiro, o Santos ainda não conseguiu vencer os times que lideram a competição. Neste domingo, a derrota foi para o São Paulo, por 2 a 1, no Morumbi, e o resultado diante da equipe que ocupa o segundo ligar reforçou a discussão sobre a qualidade do elenco alvinegro. O treinador Oswaldo de Oliveira, por exemplo, levantou a questão na entrevista coletiva.

“Sinceramente, não estou preocupado com espírito, garra, mas, sim, com qualidade. Queria ter dois Robinhos, um Kaká, um Ganso, um Pato... Espírito todos eles têm, trabalham bem, são excelentes profissionais, fazem tudo o que mandamos, mas muitas vezes não conseguimos vencer. E não é por questão de espírito”, ressaltou o treinador do Santos.

Questionado sobre a qualidade do grupo, o goleiro Aranha também admitiu existe problemas que precisam ser resolvidos neste momento. O jogador até citou a filosofia de trabalho adotada pelo clube da Vila Belmiro, que valoriza os meninos da base, mas tem dificuldades para ter atletas que se destacam em momentos delicados, como o clássico deste domingo.

“Há muitos anos que estou no Santos, sei do que acontece aqui, sei que o time tem uma garotada de muita qualidade para compor o elenco, mas que ainda vão ganhar experiência, maturidade, para enfrentar de igual para igual com o tempo. Estamos tentando encontrar um modo de formar um elenco forte e enfrentar essas equipes mais fortes”, explicou o goleiro da Baixada.

A melhor resposta que o elenco do Santos pode dar é dentro de campo, não só no Campeonato Brasileiro. Na próxima quinta-feira, o time da Vila Belmiro começa a disputar as oitavas de final da Copa do Brasil, e tem a chance de amenizar a pressão. O desafio será contra o Grêmio, em Porto Alegre, às 20 horas (de Brasília).

Djalma Vassão/Gazeta Press
O treinador Oswaldo de Oliveira não escondeu sua insatisfação com o elenco que tem em mãos atualmente