Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Novo titular da zaga do Corinthians pede tempo para adquirir ritmo

São Paulo (SP)

A goleada por 5 a 2 sobre o Goiás não deixou alguns jogadores do Corinthians plenamente satisfeitos. Boa parte deles reconheceu que a equipe deixou a desejar na defesa, até porque ficou exposta com a determinação para atacar e ganhou um novo zagueiro.

Anderson Martins, vindo do El Jaish (do Catar), assumiu a vaga ao lado de Gil porque Cleber foi negociado com o Hamburgo, da Alemanha. O atleta de 27 anos ainda sofre com a falta de ritmo de jogo e precisa adquirir melhor entrosamento com os seus companheiros.

“A minha preocupação é ganhar ritmo o mais rapidamente possível. Tenho que me entrosar. Sei também que o nível do futebol do Catar é totalmente diferente. Devo trabalhar para dar a estabilidade e a confiança que todos esperam de mim”, reconheceu Anderson, recorrendo a um chavão. “Treino é treino, e jogo é jogo.”

Fazia tempo que o novo defensor corintiano não notava essa diferença. “Minha última partida havia sido em maio. Estava há quase quatro meses sem jogar. Esse é o ponto mais determinante, que dificulta. Mas, diante do que foi o jogo, até me saí razoavelmente bem”, avaliou, contente por voltar a atuar diante de uma torcida calorosa. “Eles incentivam até quando tomamos o gol. Fiquei muito feliz por jogar pelo maior clube do meu País.”

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Anderson Martins herdou a vaga de Cleber ao lado de Gil na defesa do Corinthians
Animado também com a sequência de jogos que terá pela frente, Anderson Martins já tem a receita para que o Corinthians conquiste novas goleadas sem assustar os torcedores com falhas defensivas. “O ritmo virá só com o tempo, com muito trabalho, dedicação e conversa”, sorriu o novo parceiro de Gil.