Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Palmeiras paga taxa de transferência, mas desiste de Ronaldinho Gaúcho

São Paulo (SP)

No dia em que era esperada a contratação de Ronaldinho Gaúcho como um presente do centenário, o Palmeiras anunciou o fim das negociações para acertar com o atleta. No início da noite desta terça-feira, o clube usou suas redes sociais para informar que desistiu de contar com o reforço.

“As negociações entre Palmeiras e Ronaldinho Gaúcho chegaram ao fim na noite desta terça. Como não houve um acordo financeiro entre as partes, as conversas foram definitivamente encerradas por volta das 18h”, comunicou o clube em seu Twitter.

As negociações foram conduzidas pelo presidente Paulo Nobre e pelo vice Mauricio Galiotte diretamente com Assis, irmão e empresário do astro. O clube, inclusive, chegou a pagar R$ 600 de taxa de transferência para a Federação Mineira de Futebol, já que o último clube do astro foi o Atlético-MG.

No entanto, não houve consenso nos valores. No início das conversas, o Verdão queria pagar R$ 200 mil mensais e mais um adicional por produtividade, enquanto o jogador esperava receber R$ 600 mil contando o fixo e o bônus. As conversas seguiram, mas sem acordo.

Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
Ronaldinho Gaúcho não chegou a um acordo para defender o Palmeiras nesta temporada
Desde o fim da semana passada, havia a expectativa de que Paulo Nobre anunciasse a contratação na noite desta terça-feira, na festa de aniversário do clube em casa de shows da capital paulista. Porém, justamente no momento em que os convidados chegavam para a cerimônia, o clube informou sua desistência do negócio.

Ronaldinho Gaúcho está sem clube desde que deixou o Atlético-MG, depois da disputa da Recopa Sul-americana, no fim do mês passado. O jogador de 34 anos era apontado como possível último reforço do ano do centenário alviverde e tinha a aprovação do técnico Ricardo Gareca.

Esta não é a primeira negociação frustrada do Palmeiras pelo atleta. Em 2011, quando Ronaldinho Gaúcho estava saindo do Milan, o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo perdeu a concorrência do Flamengo.

Já na época em que o astro deixou o Rubro-negro, o mandatário da época, Arnaldo Tirone, fez uma sondagem, sem iniciar negociação. Além disso, no início desta temporada, José Carlos Brunoro também fracassou na missão de contratá-lo.