Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Palmeiras corre por "torcedores de verdade" e pede que fé continue

São Paulo (SP)

O Palmeiras viu os mais de 18 mil pagantes que enfrentaram frio nessa quarta-feira cantarem parabéns pelo centenário do clube antes do jogo e, após a derrota para o Atlético-MG, xingarem e cobrarem a saída do presidente Paulo Nobre. Mas a imagem que fica é de “torcedores de verdade” que apoiam o time, e o pedido é para que sigam acreditando na equipe.

“A torcida é espetacular, agradeço em nome de todo o time pelo apoio, sempre. Durante todo o jogo, ganhando ou perdendo. Desejo que sempre a torcida apoie. Peço que não percam a fé”, solicitou Ricardo Gareca, que ainda é poupado de críticas, apesar de ter vencido apenas quatro partidas em 12 pelo clube.

“É uma situação difícil para todos, lamento, mas vamos sair dela. Estou convencido de que vamos sair, todos temos fé. O clima vai melhorar. Agora é compreensível. A torcida está enojada com o comando técnico? Está bem. Com a diretoria? Está bem. Com os jogadores? Também. Não podemos nos queixar. Temos que mudar o clima”, simplificou o técnico.

A mudança de ambiente se baseia nos resultados. O Verdão, que chegou a ocupar a última colocação do Brasileiro na semana passada, corre sério risco de voltar à zona de rebaixamento no fim de semana se perder do Inter no sábado, no Pacaembu. Mas a esperança é de estádio cheio como um incentivo para engatar vitórias.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Henrique diz que corre por quem reconhece o empenho do time e espera deixar próprios erros para trás
“Pode ter muitas críticas, mas o torcedor de verdade reconhece, vê nossa luta e empenho em campo. É para esse que corremos e tentamos sempre dar o nosso melhor”, comentou Henrique, que já sofre com críticas por conta dos gols que perde – desperdiçou pênalti nessa quarta-feira.

“Sei o que está passando no coração de cada torcedor e é também o meu sentimento, mas o torcedor de verdade nos apoiou e, agora, temos que trabalhar. Nada melhor do que um dia após o outro”, definiu o centroavante.