Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Para substituir Edilson, Vagner Mancini será obrigado a improvisar

Rio de Janeiro (RJ)

Ao receber o terceiro cartão amarelo na partida deste domingo, diante do Santos, no Maracanã, válida pelo Campeonato Brasileiro, o lateral-direito Edilson criou um grande problema para o técnico Vagner Mancini. Depois que Lucas conseguiu se desvincular do clube alvinegro, na Justiça, o treinador do Botafogo ficou sem reserva para a posição.

Para a partida da próxima rodada,contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte,o treinador vai ter que improvisar para montar a equipe. O mais provável é que Gabriel seja deslocado para o setor e Airton volte ao time para compor o meio-campo ao lado de Bolatti.

Outra alternativa seria o deslocamento do zagueiro Dankler que já foi improvisado nos treinamentos e deixou boa impressão. Alex, outro especialista do setor, contratado no início da temporada, foi afastado do elenco e treina com os jogadores que não estão nos planos do treinador.

Divulgação/Botafogo F. R.
Sem Edílson e Lucas, Mancini será obrigado a improvisar um lateral no Botafogo (Foto: Vítor Silva/SS Press)
Para enfrentar o Ceará, pela Copa do Brasil, o técnico da estrela solitária poderá contar com a volta do argentino 'Tanque' Ferreyra, que cumpriu suspensão diante do Santos. Ele é cotado para substituir Bruno Correa que sentiu um problema muscular durante o jogo contra o Peixe e será reavaliado nesta segunda-feira.

Por sua vez, o meia Carlos Alberto, já recuperado da lesão na coxa esquerda, deve intensificar a preparação física para ficar à disposição de Mancini para as próximas partidas.