Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Pendurados ilesos: apenas são-paulino "estreante" recebe cartão

Porto Alegre (RS)

O São Paulo entrou em campo com quatro jogadores pendurados, na noite desta quarta-feira, diante do Internacional, mas deixou o Beira-Rio vitorioso e sem ninguém suspenso para o clássico de domingo, contra o Santos.

O lateral esquerdo Álvaro Pereira, o volante Denilson, o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Alexandre Pato eram os são-paulinos com dois cartões amarelos. Nenhum deles, no entanto, foi advertido pelo árbitro Grazianni Rocha. O único cartão foi para o volante Hudson, que estreava como titular.

Apesar do cartão, a atuação do volante, que tinha feito apenas cinco jogos com a camisa tricolor (todas elas entrando no segundo tempo), foi elogiada pelos companheiros em Porto Alegre.

"Parabéns ao Hudson, que não jogava como titular tinha muito tempo. Hoje (quarta-feira) ele estreou e foi bem. Tem que parabenizar ele e o elenco todo. Sabíamos das dificuldades que enfrentaríamos contra o Inter", ressaltou o também volante Denilson.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Duelo com o argentino D'Alessandro rendeu amarelo a Hudson, que fazia seu primeiro jogo como titular
O cartão recebido por Hudson foi por falta cometida em D'Alessandro. O confronto com o argentino, a propósito, chamou atenção desde o primeiro tempo, mas foi bem controlada pela arbitragem, a despeito das reclamações do Internacional.

Quem também estreou pelo São Paulo nesta quarta-feira foi Michel Bastos. Ele substituiu Ganso no decorrer da segunda etapa e jogou os primeiros 20 minutos com a camisa tricolor. Para o clássico de domingo, no Morumbi, além dele e dos pendurados ilesos, o técnico Muricy Ramalho poderá contar com a volta de Souza, que cumpria suspensão nesta rodada.