Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Ponte emplaca terceira vitória consecutiva e se aproxima de líderes

Natal (RN)

Rebaixada na temporada passada, a Ponte Preta parece enfim ter encontrado o caminho para voltar à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, na abertura da 17ª rodada da Série B, o time campineiro, mesmo fora de casa, confirmou o bom momento vivido, emplacando a terceira vitória consecutiva: a vítima da vez foi o América-RN, por 2 a 0, na Arena das Dunas, em Natal.

Para chegar a mais um triunfo, o time campineiro aproveitou o seu melhor momento no jogo, logo na volta para o segundo tempo, e definiu o resultado em poucos minutos. Aos quatro, Adrianinho fez linda jogada, deixou três marcadores para trás e inaugurou o placar em Natal. Já aos 11, Rafael Costa aproveitou o pênalti sofrido por Roni e ampliou a vantagem da equipe campineira.

Desta forma, a Macaca se aproxima dos quatro melhores colocados, com 28 pontos somados. Na próxima rodada, para seguir crescendo na competição, o desafio será contra o América-MG, fora de casa. O América-RN, por sua vez, fica no 13º posto, com 23 pontos, e o próximo compromisso será diante Náutico, em Pernambuco.

Jogo começa truncado em Natal

Demorou a que uma das duas equipes chegasse com perigo ao gol adversário. Coube ao América-RN, mandante do duelo na Arena das Dunas, assustar pela primeira vez: apenas com 27 minutos de bola rolando, Wanderson aproveitou bom cruzamento de Pimpão, mas pegou mal e facilitou para Roberto. Já na sequência, o mesmo atacante tentou colocar por cobertura e Diego Sacoman apareceu para salvar.

Arte GE.Net
A sequência de lances serviu para melhorar a partida, que vinha apresentando um baixo nível técnico até o momento. O susto também ajudou o time campineiro a começar a figurar no campo de ataque, algo que tinha dificuldades de fazer no início do primeiro tempo. Para responder ao América-RN, Guto Ferreira pedia mais participação de Adrianinho, que logo atendeu o comandante.

Aos 33 minutos, o armador pontepretano fez boa jogada, colocou dentro da área, Elton recebeu, limpou a marcação, mas chutou por cima do travessão. O time campineiro, porém, seguiu no campo de ataque e quase marcou antes do intervalo. Roni tentou o arremate e ganhou o escanteio. Na cobrança do tiro de canto, Tiago Alves aproveitou a sobra e carimbou a trave do América-RN.

Ponte resolve em 11 minutos

Depois de melhorar no final da etapa inicial, a Ponte seguiu crescendo de rendimento na volta do intervalo e aproveitou o bom momento na partida para definir a vitória fora de casa. Já na primeira chance do segundo tempo, apenas aos quatro minutos, Cafu deixou Rafael Costa na cara do gol, mas o atacante parou no goleiro Andrey. No rebote, porém, Adrianinho mostrou muita categoria para sair de três marcadores e abriu o placar.

Após o golaço marcado pelo seu armador, a Ponte Preta viu o adversário se abalar e então explorou a fragilidade emocional do América-RN para ampliar sua vantagem. Em rápido contra-ataque, Roni recebeu dentro da área e foi derrubado por Rafinha. O árbitro marcou o pênalti e aplicou o cartão amarelo para o zagueiro. Na cobrança, Rafael Costa não perdeu a chance de marcar o segundo do time campineiro.

Sob vaias da torcida do Dragão, o treinador Oliveira Canindé tentou modificar sua equipe, mas não teve resposta dentro de campo. O time que surpreendeu o Fluminense na Copa do Brasil e se classificou às oitavas de final, não conseguiu voltar a dar alegria ao seu torcedor nesta terça-feira e amargou a derrota fora de casa, confirmando a boa fase vivida pela Ponte Preta.