Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Robinho confirma fama de carrasco e faz Peixe quebrar tabu no Sul

Porto Alegre (RS)

Quando sofreu um estiramento muscular na coxa direita, na quarta-feira da semana passada, contra o Atlético-PR, muitos santistas lamentaram a ausência de Robinho no clássico que estava por vir, diante do São Paulo. No entanto, desde a lesão, o departamento médico do clube se empenhou ao máximo para que o craque tivesse condições de entrar em campo nesta quinta-feira, para encarar o Grêmio. E todo o esforço acabou recompensado.

Robinho liderou o Peixe no primeiro duelo das oitavas de final da Copa do Brasil. O camisa 7 jogou sem qualquer limitação, se movimentou bastante, e marcou o segundo gol do alvinegro na partida.

Aliás, marcar gol contra o Tricolor Gaúcho não é novidade para o Rei das Pedaladas. Na Vila Belmiro, em 2002, Robinho anotou uma obra de arte na semifinal do Campeonato Brasileiro contra os gremistas. Em 2010, após retornar da Europa, mais uma vez o dianteiro encontrou o Grêmio. Era semifinal da Copa do Brasil e o Peixe contou com um gol de seu ídolo em cada jogo do confronto para avançar à final. “Eu fui entrando na área, podia ter feito o gol com a perna direita, mas ela acabou rebatendo e batendo na esquerda. Muito feliz pelo gol”, comentou Robinho, nesta quinta-feira, ao lembrar o lance ‘de sorte’ que deixou o Peixe em ótimas condições.

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Robinho se doou dentro de campo e acabou substituído por desgaste, dando lugar ao veloz Rildo no 2º tempo
Além de marcar seu gol, Robinho falou rapidamente sobre o fato do Santos ter voltado a vencer fora de casa. O time de Oswaldo de Oliveira vinha de cinco derrotas seguidas como visitante. Além de quebrar a série negativa, o clube acabou com o tabu de não vencer o Grêmio no Sul que já perdurava desde 2010 .

“A gente vinha jogando bem e dando azar nas finalizações”, resumiu o atacante, que atuou por 70 minutos nesta quinta-feira e, ao ser substituído, ironizou as vaias da torcida rival com aplausos.

O próximo capítulo dessa história está marcado para a próxima quarta-feira, na Vila Belmiro, e vale vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.