Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Robinho refuta priorizar competição e cobra reação fora de casa

Santos (SP)

O Santos é o décimo colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, a oito pontos do Corinthians, primeiro a figurar no G-4, e a 16 do líder Cruzeiro. Pensar em título, mesmo com um turno inteiro a ser disputado, é quase utopia. E uma vaga na próxima Libertadores da América também já é uma tarefa bastante complicada.

Mesmo assim, Robinho não acredita que o Santos tenha que priorizar a Copa do Brasil, competição em que o Peixe abre duelo já pelas oitavas de final, contra o Grêmio, nesta quinta, e, além do título, pode lhe render uma vaga na principal competição do Continente.

“São duas competições importantes, não se pode priorizar nada. Temos condições de ir bem no Brasileiro e na Copa do Brasil. Estamos pecando nos detalhes no Brasileiro e a Copa do Brasil é o caminho mais curto para a Libertadores”, opinou o camisa 7, que volta ao time após ficar uma semana afastado tratando um estiramento muscular.

Uma coisa é certa. Para se recuperar no Brasileirão e sonhar com título na Copa do Brasil, o time de Vila Belmiro precisa melhorar seu desempenho fora de casa.

Em 17 rodadas, o Santos só venceu Figueirense e Bahia como visitante e superou apenas o Princesa do Solimões pela Copa do Brasil, em confronto disputado em Manaus, na Amazônia.

“Ruim. No Brasileiro, senão somar pontos fora de casa, fica difícil. São jovens e responsáveis. Tem os experientes para que possamos passar responsabilidade para eles. É jogar da mesma maneira, com a mesma aplicação e inteligência”, pediu o craque.