Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Santos reconhece “peso do adversário” em nova derrota para líderes

São Paulo (SP)

A torcida santista já se acostumou com os resultados da equipe diante dos líderes do Campeonato Brasileiro. Mesmo com boas atuações, o time da Vila Belmiro não conseguiu se dar bem contra aqueles que estão à frente na classificação. Neste domingo, a história se repetiu: no estádio do Morumbi, o São Paulo se impôs diante dos comandados de Oswaldo de Oliveira, e venceu o clássico por 2 a 1, assumindo a vice-liderança da competição.

Ao refletir sobre o desempenho de sua equipe, o treinador do Santos não deixou de falar sobre os erros apresentados, principalmente nos dois gols são-paulinos, mas também soube reconhecer o mérito do adversário. De acordo com Oswaldo de Oliveira, não é a primeira vez que sua equipe não consegue se impor sobre um rival mais qualificado no Brasileirão.

“O que aconteceu contra o São Paulo também aconteceu contra Fluminense, Internacional, Corinthians e Cruzeiro. O Santos joga bem, cria oportunidades, mas depois não acaba conseguindo marcar. Talvez pelo nível destes elencos adversários. Contra times mais fracos, a gente consegue se impor, faz o gol e não leva. Não é só uma falha do time, mas é o peso do adversário também, que não nos permite uma reação”, avaliou o comandante santista.

A resignação com o resultado não fez parte apenas do discurso de Oswaldo de Oliveira. O goleiro Aranha, que fez boas defesas, evitando um resultado ainda pior no Morumbi, também falou sobre o adversário. Na opinião do santista, antes de apontar os defeitos da equipe, é preciso reconhecer a qualidade do São Paulo, principalmente do sistema ofensivo do rival.

“Acho que o Campeonato é muito equilibrado, o São Paulo tem uma equipe muito forte, não é bem questão de desatenção, treinar isso ou aquilo, temos que dar méritos ao time adversário também. O São Paulo tinha dois jogadores fundamentais na armação, e por isso conseguiu chegar duas vezes. Eles têm uma equipe muito experiente e conseguiu aproveitar isso para poder vencer”, completou o goleiro.