Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

São Paulo não vence cinco seguidas no Brasileiro desde Carpegiani

Florianopolis (SC)

A missão do São Paulo em Florianópolis, a partir das 16 horas (de Brasília) deste domingo, é superar um adversário que, assim como ele, está embalado no Campeonato Brasileiro. Se o fizer, o time paulista igualará uma marca atingida pela última vez na edição 2011 da competição, quando conseguiu cinco vitórias consecutivas.

Tanto em 2013 quanto em 2012, o São Paulo não acumulou mais do que quatro triunfos em sequência. A última vez que isso ocorreu foi no início da competição de 2011, quando, então sob comando do técnico Paulo César Carpegiani, a equipe derrotou Fluminense, Figueirense, Atlético-MG, Grêmio e Ceará antes de ser goleado pelo Corinthians.

Há apenas um remanescente daquele escalação que venceu o time cearense, em junho de 2011, com Rogério Ceni; Jean, Xandão, Luiz Eduardo e Juan; Welington, Rodrigo Souto, Casemiro (Carlinhos Paraíba) e Lucas; Marlos (Bruno Uvini) e Henrique (Rivaldo). Exceto pelo goleiro e capitão, nenhum outro jogador que entrou em campo naquela tarde, em Fortaleza, continua no elenco são-paulino.

Três anos e quatro técnicos (Adilson Batista, Emerson Leão, Ney Franco e Paulo Autuori) depois, o São Paulo volta a ter uma oportunidade de engatar a quinta vitória seguida na competição, com Muricy Ramalho no comando. Após bater Vitória, Palmeiras, Internacional e Santos e assumir a vice-liderança, a equipe agora tem pela frente um rival também em ascensão.

"Temos de manter os resultados positivos se quisermos conquistar algo lá na frente", receita Michel Bastos, que voltará ao Orlando Scarpelli depois de quase dez anos. Recém-contratado pelo São Paulo, o meia ainda era lateral esquerdo quando defendida o Figueirense, antes de sua segunda passagem pelo futebol europeu, iniciada em 2005, com a ida para a França. "Representamos uma camisa forte. Tem que pensar em vencer em casa ou fora".

A sequência pode ficar ainda mais positiva tendo em conta que, na rodada seguinte, os comandados de Muricy jogarão no Morumbi, diante do Sport, no final do primeiro turno.