Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Sem previsão de volta, Prass vira preparador de goleiros em treino

São Paulo (SP)

Ainda sem trabalhar com bola por conta da retirada de pinos no cotovelo direito na semana passada, Fernando Prass exerce seu papel de líder no elenco do Palmeiras de outra forma. O veterano auxiliou Fernando Miranda na manhã desta segunda-feira e trabalhou como preparador de goleiros.

O camisa 25 batia escanteios e simulava cobranças de falta ao lado do preparador, dando dicas e trocando análises com Fernando Miranda. O titular Fábio e Vinicius Silvestre e Raphael Alemão eram os alvos das bolas levantadas por eles na grande área.

Deola, primeiro reserva de Fábio, e Bruno, que apenas treina enquanto não consegue arrumar outro clube para trabalhar, faziam parte de treino técnico com quem não foi titular diante do Coritiba, no sábado.

Dono da posição, Fernando Prass passou por cirurgia no cotovelo direito em maio e não tem previsão para voltar a jogar. o goleiro chegou a realizar impacto sobre a região operada e sentiu incômodo que o fizeram retirar os pinos do local, procedimento que poderia ser feito em dezembro caso o veterano suportasse. Oficialmente, nenhum médico estima sua volta, já que o prazo mais otimista, que seria neste mês, não se cumpriu.

Gazeta Press
Goleiro não treina bcom ola após tirar pinos do cotovelo e ajuda colegas de posição (William Correia/Gazeta Press)
Depois de ajudar Fernando Miranda, Prass também tratou de manter a forma física e correu sozinho pelos campos da Academia de Futebol. Sua liberação para voltar a trabalhar com bola depende de liberação médicia para retomar exercícios de impacto sobre o cotovelo operado.

Escolhido porque Bruno não suporta mais as críticas da torcida, Fábio não deu sustos na vitória sobre o Coritiba e se mostrou recuperado depois de falhar em gols adversários nas derrotas para São Paulo e Sport. Deve continuar na posição enquanto Prass seguir sem condições de jogo.