Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Sem prometer surpresa de centenário, Nobre despista sobre Ronaldinho

São Paulo (SP)

Na véspera do 100º aniversário do Palmeiras, Paulo Nobre mantém conversas com Ronaldinho Gaúcho, mas conserva seu discurso em relação a reforços mesmo em meio à briga contra o rebaixamento. O presidente não prometeu confirmar a contratação do meia nem nenhuma outra surpresa especial para o centenário.

“A princípio, as surpresas são as que nós já meio que falamos sobre eventos que vão acontecer comemorativos do ano do centenário. O que espero são três pontos contra o Atlético-MG, classificação na Copa do Brasil e que a primeira vitória do Gareca no Brasileiro seja a primeira de muitas”, disse o dirigente.

Existe no clube a expectativa de que Ronaldinho seja anunciado durante a festa do centenário, na noite desta terça-feira, mas, por enquanto, a única divulgação certa é o aval da Fifa para considerar o clube como o primeiro campeão mundial pela conquista da Copa Rio em 1951.

Em relação a Ronaldinho, ainda falta acerto salarial e o tempo de contrato, que pode ser até dezembro ou o fim de 2015. “Não comento nenhuma negociação em curso ou que achem que esteja em curso. Então, a resposta é sempre a mesma”, esquivou-se Nobre, mais uma vez minimizando a busca por um time forte no centenário.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Presidente manteve discurso de não falar de negociação, embora esteja falando com estafe de Ronaldinho
Nem a homenagem que recebeu na Câmara Municipal de São Paulo nesta noite gerou novo discurso. “Ser presidente do Palmeiras é a maior responsabilidade que a vida já me impôs e ser no ano do centenário me deixa mais em voga, mas a responsabilidade é exatamente a mesma. Não imaginei nada especificamente com relação ao ano do centenário. Imaginei que seria um mandato duríssimo para tentar colocar o Palmeiras no seu local que é natural e, principalmente, conseguir entregar o Palmeiras melhor do que recebemos. Esse foi o grande objetivo”.

Neste sentido, sair da última colocação do Brasileiro e até da zona de degola traz alívio para o presidente que assumiu o clube logo após um rebaixamento. “Três pontos quando você era o último colocado no campeonato são sempre muito importantes e é claro que, em uma sequência de insucessos, uma vitória, por mais magra que seja, reverte a tendência, o que é muito importante para o grupo como um todo”, apontou.

Após encerrar sequência de dez rodadas sem vitória no sábado, o foco do time agora é o Atlético-MG, na quarta-feira, no Pacaembu, na abertura das oitavas de final da Copa do Brasil. “Estamos no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil e, sempre que entrarmos em campo, vamos buscar os três pontos. Vamos encarar todos os jogos com a mesma seriedade até o final do ano, buscando sempre os três pontos”, prometeu Nobre.