Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Surpreendido com o resultado, Luxemburgo admite que ficou difícil

Curitiba (PR)

A derrota por três de diferença não estava nos planos do técnico Vanderlei Luxedmburgo. Mesmo escalando uma equipe mista, o treinador rubro-negro acredita que sua equipe, embalada pelos bons resultados no Campeonato Brasileiro, poderia sair do Paraná em boas condições para buscar a vaga.

Para o treinador, a decisão de poupar alguns titulares foi uma decisão tomada de comum acordo com a diretoria e com os próprios jogadores, mas admite que tudo saiu diferente do planejado. "Fiz algumas mudanças na equipe que não deram resultado. A vaga ficou mais difícil por causa do placar elevado, mas vamos tocar a vida pra frente e ver o que acontece".

Luxemburgo disse que o fato de o Coritiba ter trocado de treinador, aumentou a motivação da equipe paranaense. E reconheceu que o Flamengo correu um risco calculado porque a prioridade do clube é outra: "Alguma coisa deveria ser feita para privilegiar o Campeonato Brasileiro. Por isso, tomamos a decisão de poupar os atletas mais desgastados".

O treinador explicou que só vai pensar no Coritiba, a partir da próxima semana. Nesta quinta-feira, ele já começa a montagem da equipe que vai enfrentar o Vitória, domingo, no Barradão, pelo Campeonato Brasileiro. Os titulares que não enfrentaram o Coxa devem ter retorno assegurado.

O presidente Bandeira de Melo estava indignado com o árbitro Marcelo Aparecido. Ele disse que Eduardo da Silva foi atingido por uma joelhada de Luccas Claro, semelhante ao lance que envolveu Zuniga e Neymar na última Copa do Mundo, e que o árbitro não tomou qualquer providência contra o jogador paranaense.