Futebol - ( )

Técnico pede Corinthians maduro para virar confronto com o Bragantino

Cuiabá (MT)

Derrotado por 1 a 0 em Cuiabá, onde o Bragantino decidiu jogar por questões comerciais, o Corinthians se vê em situação difícil nas oitavas de final da Copa do Brasil. Para Mano Menezes, será necessário ter inteligência na partida de volta, marcada para a próxima quarta-feira, em Itaquera.

A vitória por 5 a 2 sobre o Goiás, na semana passada, no mesmo local, não é um bom parâmetro. “Esse jogo tem outra característica porque você sai perdendo por 1 a 0. É diferente, o adversário pode propor coisas diferentes. Temos que ser maduros, sem abrir espaços”, afirmou o técnico.

Para sobreviver, a equipe do Parque São Jorge terá de vencer por dois gols de diferença ou devolver o 1 a 0 e tentar a sorte nos pênaltis, algo que não é descartado pelo comandante. “Precisamos de uma vitória por, no mínimo, 1 a 0 para levar para as penalidades máximas.”

Divulgação/Agência Corinthians
Mano conta com a Fiel para "inibir certas coisas que vêm acontecendo" (foto: Daniel Augusto Jr.)
A dificuldade será maior porque o Corinthians conviverá com ao menos cinco desfalques. Gil, Elias, Lodeiro e Guerrero, todos titulares nas últimas partidas, estarão a serviço de suas seleções. O lateral direito Ferrugem, escalado no lugar de Fagner e expulso em Mato Grosso, também está fora.

“Não podemos achar que perder quatro jogadores por convocações em um jogo decisivo não traz prejuízo. Esperamos que não seja irreparável”, disse Mano, preocupado também com a perseguição que vê da arbitragem em relação ao Corinthians. “Vamos precisar do nosso torcedor, até para tentar inibir certas coisas que vêm acontecendo.”