Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Última sequência de quatro vitórias livrou São Paulo da Série B

São Paulo (SP)

O São Paulo tentará, neste domingo, sua quarta vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Caso supere o Santos no Morumbi, a equipe treinada por Muricy Ramalho poderá pular da quarta para a segunda colocação e encostar na liderança. A última sequência assim na competição foi em 2013, quando o time se livrou da Série B.

Na temporada passada, já sob comando do treinador atual, a equipe engatou resultados positivos contra Náutico (3 a 0, no Morumbi), Bahia (1 a 0, em Salvador), Internacional (3 a 2, em Porto Alegre) e Portuguesa (2 a 1, no Morumbi). A série a levou a 46 pontos, marca almejada pela comissão técnica para evitar o descenso à segunda divisão nacional. Nas seis rodadas finais, já sem a pressão para se manter na elite, o time somou só mais quatro pontos.

Naquela época, o principal destaque são-paulino foi Aloísio, centroavante que substituía o então lesionado Luis Fabiano, marcou cinco gols nas últimas três partidas da série vitoriosa e ficou marcado pelas comemorações com voadoras.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Voadora virou marca registrada de Aloísio, que passou também a sofrer com brincadeira dos companheiros
Nesta edição, a luta é outra. Em vez de brigar contra a queda de divisão, o São Paulo aparece no G-4 e trava disputa entre os líderes, graças aos triunfos nas últimas três rodadas (sobre Vitória, Palmeiras e Internacional). Resultados que, ao menos por ora, puseram fim à instabilidade que o perseguia no campeonato.

"Mostra que a gente está deixando esse assunto para trás. Nos jogos anteriores, sim, mas agora melhoramos muito. Além de ganhar, jogamos bem. É importante lembrar isso. Se falarmos na competição no geral, o time realmente oscilou muito, mas recentemente, não", avaliou Muricy, às vésperas do clássico contra o Santos, no Morumbi.

Apesar da diferença de cenário, o técnico cuida para não se empolgar com a boa fase. "Temos que ir jogo a jogo, cobrando os jogadores. A gente vem de três vitórias, o que não é fácil, mas, sinceramente, não dá para dizer nada. Não estamos em uma fase decisiva da competição, temos que esperar um pouco para cravar (quais times vão disputar o título)", advertiu.