Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Vitória recebe Chape em duelo direto para se afastar do rebaixamento

Salvador (BA)

O Campeonato Brasileiro não tem sido dos melhores para o Vitória, que tem figurando na segunda metade da classificação e lutado nas últimas rodadas para sair das últimas posições. No confronto deste domingo, contra a Chapecoense, o Leão da Barra aposta em ajuda estrangeira para ganhar alívio na luta contra o rebaixamento.

Os responsáveis pela armação do time rubro-negro podem ter sotaque castelhano. Caso permaneça como titular no meio-campo, Luis Aguiar pode ter a companhia de Cáceres, que ganhou a vaga de Richarlyson em alguns treinos desta semana. O uruguaio, porém, corre risco de ser afastado após confusão com Adriano no treino desta sexta-feira.

Comandado pelos estrangeiros, o Vitória entra em campo com boa oportunidade para respirar na competição. Com 14 pontos, a equipe ocupa a 15ª colocação e pode ultrapassar a Chapecoense caso vença o duelo deste final de semana. O time catarinense tem apenas um ponto a mais na classificação. Além deste jogo, o Rubro-Negro ainda tem sequência de embates diretos frente a Coritiba, Figueirense e Flamengo.

Com os rivais todos próximos nas últimas posições, o zagueiro Kadu pondera sobre o difícil calendário do Vitória. “Só favorece se a gente tiver êxito. É o famoso jogo de seis pontos. Se perdermos, podemos nos distanciar do pessoal da frente, então é encarar como final, como jogos mais importantes. Se ganharmos, teremos grandes chances de terminar o primeiro turno na frente”, analisa o defensor.

Do outro lado do confronto, a Chapecoense aposta na intensidade para recuperar pontos perdidos em casa. Tropeços contra Atlético-MG e Figueirense nas duas últimas rodadas impediram o Verdão do Oeste de alcançar a primeira metade da classificação. Agora, apenas dois prontos à frente do Z-4, a equipe trabalha para “corrigir as falhas do último jogo e buscar fora os pontos que deixamos escapar em casa”, como cobra o técnico interino Celso Rodrigues.

A novidade da Chape é a volta do meia Nenén, que está recuperado de contratura muscular na coxa direita que o tirou do duelo com o Figueira. O volante Ricardo Conceição também está de volta após três rodadas de ausência, assim como Camilo. Por outro lado, Celso Rodrigues não tem o suspenso Rafael Lima.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X CHAPECOENSE

Local: Barradão, em Salvador-BA
Data: 17 de agosto de 2014 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE) e Carlos Henrique Selbach (RS)

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Alemão, Kadu e Euller; Adriano, Cáceres, Luis Aguiar (Richarlyson), Marcinho e Caio; Dinei
Técnico: Jorginho

CHAPECOENSE: Danilo; Fabiano, Enrique Meza (Grolli), Jaílton e Neuton; Wanderson, Dedé (Ricardo Conceição), Abuda e Nenén (Camilo); Bruno Rangel e Fabinho Alves
Técnico: Celso Rodrigues