Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Wagner Lopes admite incompetência do Criciúma por jejum de gols

Criciúma (SC)

Há seis jogos sem vencer e há três sem marcar gols, o Criciúma tem o pior saldo da Série A do Campeonato Brasileiro, com apenas nove tentos marcados e 21 sofridos. Os números são motivos de preocupação para o técnico Wagner Lopes, principalmente após o 0 a 0 com o Bahia na noite desta quarta-feira.

“A partir do momento que a gente não faz os gols, é incompetência nossa. Trabalho não falta, mas precisa de rendimento e competência para colocar para dentro. Só vamos ter tranquilidade (na tabela) se fizermos gols e ganharmos. Se não fizermos, realmente fica difícil”.

O treinador ainda enumerou as falhas de sua equipe durante a partida na Arena Fonte Nova. “Falta tranquilidade, mecânica correta e sangue frio. Na partida, teve hora que era para chutar e a gente passou. Teve hora de passar que a gente chutou. Fizemos algumas leituras erradas. Isso tem a ver com talento, mas precisa também de comunicação e do aspecto psicológico”.

Divulgação/Criciúma E. C.
O técnico Wagner Lopes não ficou satisfeito com o empate em 0 a 0 com o Bahia, na Arena Fonte Nova

Há seis rodadas sem vencer, na 15ª colocação e com 17 pontos, o Criciúma está a dois da zona de rebaixamento. Por isso, o técnico Wagner Lopes já pensa na partida contra o Flamengo, no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), no Heriberto Hülse.

“Vamos descansar, porque domingo temos outra final em casa. Precisamos vencer de qualquer maneira. A partida pode ser um divisor de águas para nós. Se vencermos, vamos ficar muito próximos da pontuação que estimamos”.