Futebol/Amistoso - ( - Atualizado )

Animado com trote, Robinho garante que não sente o peso da idade

Miami (Estados Unidos)

O atacante Robinho foi chamado de última hora à Seleção Brasileira que enfrentará Colômbia e Equador nos Estados Unidos, em função da lesão de Hulk, porém já está à vontade no convívio com os mais jovens dos convocados por Dunga. Aos 30 anos, ele quer conservar a leveza de um novato para comandar as brincadeiras do grupo e conta com a maturidade para colocar mais uma participação em Copa do Mundo no currículo.

“Esse é o objetivo de qualquer jogador. Comigo, não é diferente”, avisou o atacante do Santos, que não vê a idade como um empecilho para chegar ao Mundial da Rússia. “Não tem nada disso. Futebol é momento. O que vai me fazer vir para a Seleção é o meu rendimento em campo. Espero continuar bem até lá, como me encontro hoje”, acrescentou.

A experiência também permite que Robinho se sinta no direito de brincar com os mais novos. Ele prometeu “batizar” aqueles jogadores que foram convocados para defender a Seleção pela primeira vez – os meias Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart, do Curzeiro, e o zagueiro Gil, do Corinthians.

Rafael Ribeiro/CBF
Convocado para o lugar do lesionado Hulk, Robinho acredita que possa se manter na Seleção até 2018
“Já fui sacaneado por Ronaldo e Roberto Carlos no passado. Agora é a minha vez. Vou pensar em algo bem produtivo como trote para eles”, sorriu Robinho.