Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com campo encharcado, Paraná não sai de empate sem gols com Sampaio

Curitiba (PR)

Com um gramado encharcado após a tempestade que atingiu Curitiba no final da tarde desta terça-feira, o Paraná Clube não conseguiu sair de um empate sem gols diante do Sampaio Corrêa, interrompendo a sequência de três vitórias pela Série B do Campeonato Brasileiro. Com o ponto conquistado, o time do Maranhão chega aos 29 pontos ganhos, na oitava colocação. Já a equipe paranista abriu o segundo turno se mantendo na 12ª posição, com 26 pontos.

Mesmo com o campo pesado, o Tricolor da Vila até começou a partida tentando impor seu jogo e, aos três minutos, Tiago Alves cruzou fechado para Rodrigo Ramos sair e fazer boa defesa. Aos seis minutos foi a vez de Lúcio Flávio arriscar o chute para mais uma ótima intervenção do goleiro. Só dava Paraná e, aos 10 minutos, Henrique Santos bateu cruzado para Lúcio Flávio se esticar e não alcançar.

No entanto, depois da correia inicial, o ritmo diminuiu. Aos 17 minutos, Lúcio Flávio cobrou escanteio fechado e a defesa maranhense conseguiu afastar o perigo. O jogo ficou truncado no meio-campo, sem oportunidades de gol criadas pelos dois lados. Aos 29 minutos, Tiago Alves desviou dentro da área e ninguém apareceu para completar o lance.

O gramado piorou muito no decorrer do primeiro tempo, atrapalhando ainda mais o desenrolar da partida. Aos 35 minutos, Mimica deu o chutão para frente, Waldir partiu para a corrida e Marcos saiu da meta para interceptar. Aos 43 minutos, o Tricolor perdeu a chance mais clara de abrir o placar. Chiquinho cobrou e Giancarlo, com liberdade, tocou errado na bola, com displicência.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem alterações. Aos quatro minutos, Lúcio Flavio cobrou falta, a bola ficou no meio da confusão na área até sair em tiro de meta. A chuva deu uma trégua na Vila, mas o gramado seguia encharcado. Em um raro chute do Sampaio, Uillian Corrêa bateu de longe, aos oito minutos, e Marcos foi buscar no cantinho para realizar boa defesa.

O Paraná já não chegava mais próximo ao gol adversário e o técnico Claudinei Oliveira optou pela entrada de Adaílton, autor de um belo gol diante do América-RN no lugar de Henrique Santos. Aos 19 minutos, Tiago Alves fez a jogada, tocou em cima da defesa e, no rebote, Adaílton chutou fraco, fácil para Rodrigo Ramos. Na resposta, Willian Paulista bateu forte e acertou a rede pelo lado de fora.

O Sampaio Corrêa parecia feliz com o ponto ganho e esperava em seu campo, tentando alguma coisa na base contra-ataque. Sem conseguir se encontrar em campo, o Tricolor não fazia uma boa apresentação. Aos 30 minutos, Thiago Humberto cobrou falta e Rodrigo Ramos colocou para escanteio. De longe, aos 41 minutos, Cascata mandou o petardo e a bola passou perto, assustando Marcos. O torcedor, que encarou a chuva até o fim, ainda tentou empurrar o Paraná, mas o zero não saiu do placar.

Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Joinville, terça-feira, na Arena Joinville, em Santa Catarina. Já o Sampaio Corrêa terá pela frente Icasa, no Estádio Castelão, em São Luís, no Maranhão.