Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Cruzeiro pode completar 17 jogos sem perder, mas Nilton pede atenção

Belo Horizonte (MG)

A delegação do Cruzeiro já está em Alagoas para o jogo desta quarta-feira, contra o Santa Rita pela Copa do Brasil. A equipe celeste entrará em campo com a vantagem de poder levar até quatro gols, já que venceu o adversário por 5 a 0, no Mineirão, na semana passada.

Caso não seja derrotado, o Cruzeiro completará 17 partidas consecutivas de invencibilidade. Para atingir a marca, o técnico Marcelo Oliveira deverá se de dar o luxo de poupar alguns jogadores. Com Egídio machucado, o único lateral-esquerdo do elenco é o paraguaio Samudio, que será preservado, ficando no banco de reservas.

Nas demais posições, o treinador não adiantou quem será poupado, mas o volante Nilton pode aparecer na equipe. O jogador sabe que a vantagem da Raposa é muito grande, porém, pede atenção espacial ao adversário, que vai querer no mínimo vencer o Cruzeiro jogando em casa.

“Sabemos que temos uma vantagem boa, mas temos consciência de que o Santa Rita vai querer impor um ritmo forte, desde o começo do jogo. Porém, com essa vantagem nossa, eles vão ter que se expor e vamos tentar sair só no contra-ataque, nos momentos certos, para não corrermos muito riscos e sairmos daqui com uma vitória”, declarou.

Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
Nilton quer atenção especial mesmo após goleada para Cruzeiro não ter série sem derrotas quebradas