Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Dracena admite surpresa e revela cobrança de Odílio por nova atitude

Santos (SP)

Após Oswaldo de Oliveira dizer que foi pego de surpresa com a demissão repentina do cargo de técnico do Santos, nesta quinta-feira o capitão da equipe confessou que o elenco também não esperava perder seu comandante.

“Pegou a todos de surpresa, a gente sabe que quem comanda são os dirigentes e eles sabem o que é melhor”, disse Edu Dracena, sempre evitando conflito com a diretoria.

Questionado se o presidente Odílio Rodrigues o chamou para conversar em particular devido a sua liderança no grupo, o zagueiro negou e comentou o contato de Odílio com todo o elenco após a saída de Oswaldo e a chegada de Enderson Moreira.

“Não, ele conversou com todos, passou a cobrança para nós também. Estamos devendo fora de casa, tem que se impor mais, pela grandeza, pelos jogadores, temos que vencer fora, se impor para os adversários respeitarem. Ele conversou com a gente, não cobrando, mas sim para ter mais atitude fora de casa”, explicou Dracena.

Outro fato revelado por Oswaldo de Oliveira em seu comunicado depois da demissão foi a despedida emocionante junto ao atletas. O treinador era muito querido pelo grupo, principalmente pelos mais jovens.

Edu Dracena admite que o clima foi de carinho, mas pediu concentração e lembrou que no futebol brasileiro esse dinamismo é comum.

“Toda despedida tem um sentimento. Até porque foram 8 meses de trabalho e você acaba tendo o respeito e o carinho. Sabemos a qualidade profissional e do ser humano dele. Ficamos sentidos, mas é vida que segue, infelizmente o futebol é assim, acontece. Esperávamos que não acontecesse, mas a cultura do futebol brasileiro é essa. A demissão cabe à administração, nós jogadores não temos que dar opinião, e eles sabem o que é bom para o time”, finalizou.

Ricardo Saibun/Santos FC
Edu Dracena revelou que a saída de Oswaldo de Oliveira pegou todos de surpresa na Vila Belmiro