Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Fluminense deve ter time misto na Sul-Americana

Rio de Janeiro (RJ)

O técnico do Fluminense, Cristóvão Borges, ainda não antecipou a escalação que pretende mandar a campo na partida de quarta-feira, às 22h (de Brasília), contra o Goiás no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), pela rodada de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Apesar de não priorizar nenhuma das competições, o treinador encontra algumas dificuldades para projetar a formação para este duelo e pode acabar usando um time misto.

Após o jogo contra o Corinthians, empate por 1 a 1 no domingo, o treinador do Fluminense foi informado que o atacante Rafael Sobis é dúvida para o jogo de quarta-feira, pois deixou a partida reclamando de fortes dores na coxa esquerda. O jogador ainda vai ser reavaliado, mas dificilmente vai reunir condições de ir a campo cem por cento bem. Sem essas condições, a comissão técnica não deve optar por usá-lo.

Os volantes Edson, com dores na coxa esquerda, e Valencia, que se recupera de uma entorse no joelho direito, também devem ser desfalques. O goleiro Diego Cavalieri, que luta contra uma gastroenterite, também é dúvida.

Com quatro desfalques aparentes, o treinador começa a perceber o desgaste de uma temporada que vem forçando a realização de praticamente dois jogos por semana desde que a Copa do Mundo acabou. Para agravar ainda mais a realidade do duelo contra o Goiás, no domingo o Fluminense tem um jogo complicado diante do Cruzeiro, líder do Campeonato Brasileiro.

“O ideal para a nossa equipe é que não tivesse nenhum jogo esta semana para que eu pudesse treinar e recuperar bem o grupo para a partida contra o Cruzeiro, que é cercada de expectativa. Mas como não podemos mudar essa realidade, só me resta trabalhar no sentido de mandar a campo um time em condições de fazer um bom jogo e conseguir a nossa classificação. O grupo do Fluminense tem conseguido responder muito bem até o momento e isso me deixa um pouco mais confiante para esta partida”, afirmou Cristóvão, que após a partida contra o Corinthians teve uma conversa com os demais membros da comissão técnica e ouviu dos representantes da preparação física a importância de preservar alguns jogadores.

Bruno Haddad/Fluminense F. C.
Cristóvão Borges deve escalar um time misto do Fluminense frente ao Goiás, nesta quarta-feira, pela Copa Sul-americana

Ainda em relação ao jogo contra o Goiás, Cristóvão não poderá contar com o goleiro Klever, que foi expulso no primeiro jogo diante do time goiano e cumpre suspensão. O zagueiro Henrique, que não vem suportando atuar dois jogos por semana, deve ser preservado.

Diante deste cenário, Felipe deve ser o goleiro titular e Marlon deve jogar na zaga ao lado de Elivelton. O meia Cícero, que cumpriu suspensão contra o Corinthians, será usado neste compromisso, pois descansou no fim de semana. Peças que não passaram pela maratona recente, como o volante Diguinho, devem ser usadas. Como a segunda-feira foi apenas de trabalho regenerativo, o elenco do Fluminense só vai ter um treino para valer antes do jogo, nesta terça-feira à tarde, nas Laranjeiras. Depois da atividade a delegação embarca para a capital goiana.

Como venceu o jogo de ida por 2 a 1, o Fluminense joga por um simples empate para garantir a classificação, mas o Tricolor pode ser eliminado caso os goianos ganhem por 1 a 0, já que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. Caso o Goiás devolva os 2 a 1, o classificado será conhecido na disputa de pênaltis.