Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Henrique cobra "união pelo Palmeiras" e promete: "não vamos cair"

São Paulo (SP)

É verdade que o orgulho não diminui, mas a desilusão talvez seja o sentimento dominante do palmeirense neste ano. O Verdão se apega à Copa do Brasil para retomar um resquício que seja de confiança e vislumbrar evolução no Campeonato Brasileiro. Apesar da ameaça de rebaixamento no Nacional, o centroavante Henrique quer deixar o inferno astral de lado neste meio de semana, quando o Palmeiras desafia o Atlético-MG fora de casa.

“Na verdade temos que focar o próximo jogo, que é pela Copa do Brasil, para podermos entrar totalmente concentrados. Claro que a equipe tem conhecimento das críticas, mas podem acreditar que internamente a gente se cobra muito também”, revela o atacante, que é a grande esperança de gols necessários para que o Verdão avance às quartas de final da Copa do Brasil.

Como saiu do Pacaembu derrotado por 1 a 0 há uma semana, o Alviverde precisa superar as limitações para reverter a situação no estádio Independência. “É hora da união pelo Palmeiras. O clube fez 100 anos semana passada, é uma agremiação que merece todo respeito e uma das mais importantes do país”, discursa Henrique, assegurando que dias melhores virão.

“Queremos que as vitórias voltem logo. Vamos fazer de tudo para vencer o Atlético e depois voltamos atenções para o Brasileirão, porque não vamos cair, podem escrever aí”, promete o artilheiro alviverde, que entra em campo às 20 horas (de Brasília) desta quinta-feira para tentar frear a crescente crise alviverde.

Divulgação
Centroavante pede união para que o Palmeiras superer momento delicado na temporada (foto: Cesar Greco)