Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Inter garante que eliminação na Sul-Americana não afetará o Brasileiro

Porto Alegre (RS)

Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro são duas competições muito bem separadas dentro da cabeça dos jogadores e da comissão técnica do Internacional. Após o empate em 1 a 1 com o Bahia, que alijou o Colorado da competição continental, o discurso adotado pela equipe gaúcha foi o de que a eliminação em nada afetará a caminhada do time no Brasileirão – certame no qual o Inter é o atual vice-líder.

“O curioso é que hoje na internet circularam duas tabelas da Sul-Americana. A oficial dizia que se passássemos do Bahia jogaríamos no Peru, e não seria em Lima, ou em Sucre, na Bolívia. Ninguém aguenta isso. Mas já passou. Se é bom ou ruim eu não sei responder, mas não vai afetar em nada nossa caminhada no Brasileiro. É outra competição”, frisou o técnico Abel Braga.

Tanto o técnico quanto o lateral Fabrício concordam que o Inter acabou eliminado pela derrota por 2 a 0 em casa na semana passada, e não pelo jogo desta quinta, na Fonte Nova: “tomamos dois gols em casa que não podíamos tomar, e reverter fora é difícil. Mas não dá pra ficar lamentando. O Inter entra pressionado em qualquer competição que dispute. Na Copa do Brasil e na Sul-Americana não deu, vamos pro Brasileirão”, apontou o ala.

“O Bahia se comportou muito bem no primeiro jogo. Não fomos eliminados hoje. Estivemos à frente do placar, tentamos nos 15 minutos finais o tudo ou nada pelo segundo gol, mas aí surgiu uma bola de frente e o gol que matou todo o jogo”, analisou Abelão. Tendo o Brasileiro como único foco, o Internacional volta a campo domingo, diante do Figueirense, no Beira-Rio.