Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Nobre elogia interino enquanto busca técnico "identificado com clube"

São Paulo (SP)

A diretoria do Palmeiras realizou entrevistas com candidatos a substituir Gilson Kleina até optar por Ricardo Gareca. Três meses depois, demitiu o argentino e, agora, Dorival Júnior, um dos consultados e descartados em maio, é o principal cotado. Mas Paulo Nobre, desta vez, passa força a Alberto Valentim, na esperança de que o interino lhe dê tempo de escolher melhor.

“O Alberto Valentim assume interinamente até chegar um técnico para o final da temporada de 2014. Ele faz parte da nossa comissão técnica fixa e é uma pessoa apta a assumir nesta circunstância para não termos desespero nem tomarmos atitudes que não sejam raciocinadas antes”, disse o presidente.

O mandatário concedeu entrevista coletiva cerca de três horas depois de abrir mão de Gareca e preferiu adotar a política de não tornar público nenhum perfil visado, como faz ao não comentar sobre reforços que, na maioria das vezes, não chegam ao Verdão na sua gestão.

“Como trato a contratação de jogadores, trato a de técnico”, desconversou. “Imagino um treinador sério, trabalhador, que se identifique com o clube. A filosofia é a mesma, só precisamos acertar um treinador que consiga obter resultados no tempo que precisamos hoje”, limitou-se a dizer o presidente.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Alberto Valentim é a esperança de Paulo Nobre para ter calma na escolha de um novo técnico
Paulo Nobre ouve de conselheiros que a solução é Dorival Júnior, desempregado desde dezembro – no ano passado, o técnico participou das campanhas de Vasco e Fluminense, times que ficaram entre os quatro que menos pontuaram em campo no último Brasileiro. Tite é um sonho, aparentemente, inviável, e Emerson Leão e Jorginho também estão cotados.

Enquanto o substituto de Gareca não chega, Alberto Valentim já iniciou os seus trabalhos à frente do elenco. Na tarde desta segunda-feira, comandou atividade técnica e dificilmente não estará no banco de reservas do estádio Independência nesta quinta-feira, quando o Verdão tem que reverter a derrota por 1 a 0 em casa, diante do Atlético-MG, para ir às quartas de final da Copa do Brasil.

Com Alberto Valentim como treinador, o Verdão chegou a ficar entre os quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. No total, com o interino, foram duas derrotas, um empate e quatro vitórias, sendo uma delas pela Copa do Brasil e as outras pela liga nacional.