Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Oswaldo de Oliveira se diz surpreso com demissão e agradece elenco

Santos (SP)

A demissão do cargo de técnico do Santos pegou Oswaldo de Oliveira de surpresa. O próprio treinador admitiu que não esperava ser sacado nesse momento e, apesar de manter seu tom sempre muito sereno e respeitoso, deixou claro sua insatisfação.

“Fui pego de surpresa, não esperava. Estou acostumado a trabalhar com planejamento a médio e longo prazos, como aconteceu na maioria dos clubes pelos quais passei”, disse Oswaldo em nota oficial divulgada por sua assessoria de imprensa.

Para o técnico, que também teve uma passagem rápida no comando da comissão técnica santista em 2005, sendo demitido pós 16 jogos (9 vitórias, 4 empates e 3 derrotas), o time estava apresentando evolução e os resultados negativos não representavam a real performance da equipe.

“Mesmo em algumas derrotas no Brasileiro, o time se portou bem, sendo até merecedor da vitória. Sentia os jogadores empenhados e tinha a certeza de que a equipe evoluiria ainda mais”, salientou o técnico, que acabou marcado pelas derrotas em sequência para Fluminense, Internacional, Corinthians, São Paulo e Cruzeiro.

Ricardo Saibun/Santos FC
Oswaldo de Oliveira disse que foi pego de surpresa no que diz respeito à sua demissão do cargo
De quinto, o alvinegro praiano caiu para 11º e viu as chances de conquistar uma vaga na Libertadores da América ficarem mais remotas. Por fim, Oswaldo ressaltou sua ótima relação com o elenco do Peixe e falou rapidamente sobre a despedida junto ao grupo.

“Queria aproveitar para agradecer o comprometimento de cada um deles e de toda a comissão técnica. Foi muito emocionante a despedida no vestiário”, finalizou.

A campanha de Oswaldo de Oliveira nesta segunda passagem como treinador do Santos tem 44 partidas, 25 vitórias, 9 empates e 10 derrotas. O técnico alcançou o vice-campeonato Paulista este ano, perdendo para o Ituano na final, e esteve próximo à briga pelo G-4.

Pela Copa do Brasil, o time de Vila Belmiro está próxima de conquistar vaga nas quartas de final, já que venceu o Grêmio por 2 a 0 em Porto Alegre no primeiro duelo e a partida de volta está suspensa até o julgamento do clube gaúcho pelos atos racistas direcionados ao goleiro Aranha.