Futebol/Futebol Internacional - ( - Atualizado )

Maradona se encontra com o Papa no Vaticano e realiza Jogo da Paz

Cidade do Vaticano (Vaticano)

Dois dos argentinos mais importantes da história, o Papa Francisco e o ex-jogador Diego Maradona se encontraram na tarde desta segunda-feira. O encontro foi promovido para o Jogo da Paz, promovido pelo Pontífice e realizado no estádio Olímpico de Roma.

Camisa 10 da seleção argentina na Copa de 1986, 1990 e 1994, Dieguito presenteou o pontífice com a camisa azul e branca do último Mundial, mas com a numeração antiga e com o nome Francisco estampado.

A partida foi organizada por Scholas Occurrentes e pela Fundação PUPI italiana, fundada pelo ex-jogador argentino Javier Zanetti, e reuniu diversos atletas e ex-atletas como o francês Zidane, o italiano Roberto Baggio, o brasileiro Ronaldinho Gaúcho e o camaronês Samuel Eto’o, além de Maradona.

AFP
Maradona entregou ao Papa uma camisa da seleção argentina com o nome de Francisco
O time de Maradona, também tinha Buffon, Campagnaro, Legrottaglie, Samuel, Heinze, Nainggolan, Mascherano, Ricky Alvarez,  Baggio e Iturbe, mas foi derrotado por 6 a 3 pelo time liderado pelo organizador Javier Zanetti, que também contava com Muslera; Lugano, Córdoba, Chamot; Simeone, Ledesma, Valderrama, Del Piero; Zamorano, Trezeguet.

O Papa Francisco destacou a ideia do confronto: “A discriminação é um desprezo e vós, com esta partida, dirão 'não' a qualquer tipo de discriminação", disse o Pontífice, que não esconde sua paixão por futebol e é torcedor assumido do San Lorenzo, campeão da Libertadores deste ano.

AFP
Maradona e Zanetti foram dois dos destaques na partida desta segunda-feira com a presença do Papa