Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Precisando melhorar em tudo, Alberto ainda vê potencial no Palmeiras

Belo Horizonte (MG)

Em seu único jogo nesta sua segunda passagem como técnico interino do Palmeiras, Alberto Valentim viu o time jogar mal e perder por 2 a 0 para o Atlético-MG, sendo eliminado da Copa do Brasil. Mas o treinador ainda enxerga o potencial no elenco e trabalhará com Dorival Junior, o novo treinador, em busca de melhorar tudo, a começar pela autoestima.

“Temos que melhorar no todo: taticamente, individualmente, nos setores. E o Dorival vai querer melhorar em todos os aspectos”, afirmou Alberto, ressaltando a necessidade de tirar o nervosismo dos jogadores, que defendem uma equipe fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro somente por critérios de desempate.

“A parte psicológica é importantíssima. São jogadores com potencial muito grande, que já fizeram muitas coisas boas em um passado muito recente. Temos que estar unidos com os jogadores e se fechar com o Dorival para levantar moral e melhorar a classificação no campeonato”, disse, já aliviando as críticas sobre o goleiro Fábio, que falhou nos dois gols adversários nesta quinta-feira.

Divulgação
Interino se preocupa em recuperar autoestima dos jogadores para reabilitar o time (Cesar Greco/Ag Palmeiras)
“Treinamos para ser uma equipe muito forte na marcação e a parte defensiva começa lá na frente. Não dá para crucificar um setor por ter tomado gol, ele inclui 11 jogadores para melhorar não só na parte defensiva, mas com suporte ofensivo para o time ter equilíbrio e jogar melhor”, indicou, admitindo que, no momento, a ideia é se afastar o mais rápido possível da zona de rebaixamento.

“Sendo realista, como parte da comissão técnica, o Palmeiras vai fazer um campeonato muito mais tranquilo do que vivemos agora. Temos que recuperar a autoestima, a confiança e o equilíbrio de jogo para que possamos dar um salto na classificação e melhorar”, declarou o interino.