Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Problemas no ataque do Bahia preocupam Gilson Kleina

Salvador (BA)

Neste domingo, em Porto Alegre, o Bahia perdeu para o Grêmio por 1 a 0 e já soma sete rodadas consecutivas na zona de rebaixamento. Contra o time gaúcho, o Tricolor baiano não criou grandes oportunidades de gol, um problema que segue incomodando o comandante Gilson Kleina.

“Estamos com mais posse de bola, mas ainda precisamos aumentar o nosso poder ofensivo, de finalização”, afirmou o técnico, que ainda não venceu na Série A com o Bahia. O único gol do jogo foi marcado aos 13 minutos da etapa final pelo argentino Barcos, após falha de Roniery na marcação. Na sequência, os baianos até pareceram ensaiar uma reação, mas encontraram dificuldades na subida ao ataque adversário.

Segundo Kleina, a ineficiência na transição entre a defesa e o ataque fez com que o time abusasse de uma única jogada. “Ficamos vivendo de bola aérea no segundo tempo”, declarou.

Divulgação/Bahia
Tricolor segue com dificuldades na criação ofensiva

No domingo, às 18h30, o Bahia recebe o Coritiba na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela 19ª rodada da Série A. Além da vitória, o elenco busca a oportunidade de deixar o Z-4 antes do segundo turno da competição. No entanto, para que isso aconteça, o Tricolor precisa vencer o Coxa e torcer contra Criciúma e Palmeiras.

Para o jogo contra os paranaenses, Gilson Kleina contará com o recém-contratado atacante Alessandro, que deve ser apresentado no Fazendão nesta terça-feira. Com o aval do treinador, o Bahia ainda tenta as contratações de Mazinho e Patrick Vieira, que foram seus atletas no período que passou no Palmeiras. Entretanto, o clube paulista é rival direto do Bahia na luta contra o rebaixamento e não pretende liberar os jogadores. Enquanto os times não chegam a um acordo, o ataque Tricolor segue com dificuldades.

Antes da partida contra o Coxa, Bahia e Internacional ainda fazem o jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. O jogo acontece na Fonte Nova, nesta quinta-feira, às 22 horas. O Tricolor tem a vantagem graças à vitória por 2 a 0 no jogo de ida, no Beira Rio.