Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

River Plate vence Godoy Cruz com gol no final e leva vantagem para volta

Mendoza (Argentina)

O River Plate-ARG conquistou um bom resultado nesta quarta-feira no jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-americana. Jogando fora de casa, no Estádio Malvinas Argentinas, em Mendoza, o elenco comandado por Marcelo Gallardo venceu o Godoy Cruz-ARG por 1 a 0, com um gol de Germán Pezella, nos acréscimos do segundo tempo.

Com o 1 a 0 a favor, o próximo duelo será disputado no dia 18 de setembro, no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, casa do River Plate.

O jogo – Logo no início da partida, o River Plate chegou com perigo ao gol do Godoy Cruz. Rojas cruzou, Sánchez dominou na meia-lua e chutou, o goleiro Moyano defendeu. No rebote, Pisculichi, dentro da pequena área, rematou para a fora.

Aos 34 minutos da primeira etapa, Funes Mori, do River, e Ramírez, do Godoy Cruz, se desentenderam. O defensor do time de Buenos Aires abusou nas faltas sobre o atacante do clube de Mendoza, que retrucou com uma cotovelada, mas só levou o cartão amarelo.

Perto do intervalo, o Godoy Cruz teve uma boa oportunidade. López cruzou da direita, González dominou na área e bateu por cima da baliza defendida por Barovero.

No segundo tempo a primeira boa oportunidade foi do time de Buenos Aires. Pisculichi arriscou e chutou, a bola tocou em Moyano e bateu na trave. No rebote, Sánchez rematou e a esférica passou rente à baliza do time da casa.

Os Millonarios voltaram a causar problemas à equipe de Mendoza. Aos 33 minutos, após bola parada, Mora cabeceou bem, mas Moyano estava bem colocado no lance e fez uma boa defesa. Logo depois, Sánchez testou o goleiro do Godoy Cruz, que respondeu bem.

Quando o cronômetro marcava 47 minutos do segundo tempo, o River Plate anotou o gol do triunfo. Pisculichi cruzou na área e Pezzella testou forte, baixo, rente à trave, para fazer o gol da vitória do time de Buenos Aires.

AFP
Godoy Cruz e River Plate fizeram um jogo muito disputado no Estádio Malvinas Argentinas, em Mendoza(Foto:ANDRES LARROVERE)